A tuberculose (TB) é a principal causa de morte entre as pessoas vivendo com HIV, sendo responsável por cerca de um terço das mortes relacionadas à AIDS em todo o mundo. Esforços coordenados e intensificados para prevenir, diagnosticar e tratar as duas doenças resultaram em um declínio de 68% nas mortes por tuberculose entre pessoas vivendo com HIV entre 2006 e 2019. Entretanto, em seu Relatório Global de Tuberculose de 2021, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que as mortes por TB entre pessoas vivendo com HIV aumentaram pela primeira vez em 13 anos, de 209 mil, em 2019, para 214 mil, em 2020.

Leia Mais

Já faz mais de meio século que as Nações Unidas proclamaram o 21 de março como o Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial. Nesse dia, em 1960, a polícia abriu fogo sobre uma multidão de manifestantes pacíficos que se levantavam e se manifestavam contra o apartheid na África do Sul. Dezenas de pessoas foram mortas naquele dia. Foram necessários mais 30 anos de esforços para que a legislação do apartheid fosse revogada, durante os quais milhões de pessoas negras do continente africanos foram removidas de suas casas e forçadas a viver em bairros segregados. O mundo disse: “Nunca mais…”.

Leia Mais

O UNAIDS lança hoje o Edital Fast-Track Cities, que vai selecionar cinco projetos desenvolvidos por Organizações da Sociedade Civil (OSC) atuando na resposta ao HIV em algumas das 15 cidades brasileiras participantes da iniciativa Fast-Track Cities, selecionadas pelo UNAIDS como prioritárias, com base nos dados do Boletim Epidemiológico HIV/AIDS 2021 do Ministério da Saúde.

Leia Mais

No Dia Internacional das Mulheres, gostaria de dar os parabéns a todas cuja determinação e solidariedade são a luz da esperança e o poder de mudança.

Leia Mais

Como parte das celebrações do dia #ZeroDiscriminação, o UNAIDS está apoiando o lançamento do musical Barong Vermelho, uma iniciativa do Instituto Barong, que reuniu 46 participantes, entre representantes de movimentos sociais e ativistas que atuam na resposta ao HIV nas mais diversas áreas de atuação.

Leia Mais

No dia da Zero Discriminação de 2022, sob o tema “Eliminemos leis que discriminam, criemos leis que empoderam”, o UNAIDS destaca a necessidade urgente de agir contra as leis discriminatórias.

Leia Mais

Em meio à ofensiva militar em andamento contra a Ucrânia, o UNAIDS pede a proteção dos profissionais de saúde e a continuidade ininterrupta dos serviços de saúde e de resposta ao HIV para todas as pessoas, incluindo as que vivem e são afetadas pelo HIV. A Ucrânia tem a segunda maior epidemia de AIDS na região. Estima-se que existam 250 mil pessoas vivendo com HIV no país, das quais 156 mil fazem uso da terapia antirretroviral, que gera a demanda diária do uso dos medicamentos para que as pessoas permaneçam vivas e saudáveis.

Leia Mais

Após recente identificação de uma nova variante do HIV, falamos com Lycias Zembe, virologista e oficial técnico do UNAIDS, sobre o possível impacto na resposta global ao HIV.

Leia Mais

O Programa Conjunto das Nações Unidas para HIV/AIDS (UNAIDS) abre processo seletivo para o Programa de Estágio Profissional Afirmativo, com vagas para as equipes de Comunicação e Programas.

Leia Mais

O virologista francês, Luc Montagnier, lamentavelmente morreu esta semana. Montagnier era um especialista em retrovírus e pioneiro na ciência do HIV. Fundou e dirigiu a Unidade de Oncologia Viral no Instituto Pasteur na França, onde liderou a equipe que descobriu o HIV, pesquisa que foi publicada pela primeira vez na revista Science em 1983.

Leia Mais