O objetivo de colocar a resposta ao HIV em uma base financeira segura é um trabalho em andamento, com resultados desiguais em todo o mundo com o objetivo de garantir uma resposta ao HIV sustentável, totalmente financiada, eficaz, equitativa e sensível às questões de gênero. A meta de 2020 de mobilizar pelo menos US$, Leia Mais

Originalmente publicado no site do UNICEF. Meu nome é Yana. Sou da Ucrânia, tenho 23 anos de idade e nasci com HIV. Acredito que todas as pessoas nascem livres. Mas a má legislação e o estigma social nos dão rótulos. Eu fui rotulada como uma pessoa vivendo com HIV. A sociedade decidiu como me, Leia Mais

Este artigo apareceu primeiro no The Parliament Magazine.Quarenta anos desde que os primeiros casos de AIDS foram diagnosticados, a luta contra o HIV continua. Embora o mundo tenha desenvolvido o conhecimento científico e a experiência médica para manter as pessoas vivendo com HIV vivas e saudáveis e prevenir novas infecções pelo HIV, não estamos, Leia Mais

O UNAIDS se entristece com a morte de Patrick O’Connell, que viveu com o HIV por quase quatro décadas, por causas relacionadas à AIDS. Patrick O’Connell foi o diretor fundador da Visual AIDS.

O Dia Mundial contra a AIDS deste ano de 2020 será único. A COVID-19 está ameaçando o progresso que o mundo fez em relação à saúde e desenvolvimento nos últimos 20 anos, incluindo todos os passos dados na luta contra o HIV. Como em todas as pandemias, a enfermidade do coronavírus está ampliando as, Leia Mais

Todos os anos, no dia 1° de dezembro, o mundo comemora o Dia Mundial contra a AIDS. Pessoas em todo o planeta se unem para mostrar apoio às pessoas que vivem e são afetadas pelo HIV e para lembrar daqueles que perderam suas vidas devido à AIDS.

O relatório mais recente sobre o progresso das metas Start Free, Stay Free, AIDS Free (Comece livre, permaneça livre, livre da AIDS, na tradução livre para o português) mostra que, apesar dos grandes progressos realizados desde o início da epidemia, a resposta ao HIV para crianças tem ficado para trás. Ano após ano, o, Leia Mais

Pumza Mooi está preocupada. Moradora de Porto Elizabeth, na África do Sul, ela é uma das 2,5 milhões de pessoas no país que vivem com HIV, mas que atualmente não estão fazendo uso do tratamento antirretroviral.

Houve grandes mudanças no cenário de financiamento da resposta à AIDS desde 2010. Em dólares constantes de 2016, o financiamento geral em países de baixa e média renda aumentou de US$ 15 bilhões em 2010 para US$ 19 bilhões em 2018.

Como mulher africana, as lembranças da AIDS estão gravadas em mim: de membros da família que se foram muito cedo, deixando-nos enlutados e despedaçados; dos desvios de curso nos planos de desenvolvimento dos países; e de temer que a ameaça fosse impossível de derrotar.