O relatório mais recente sobre o progresso das metas Start Free, Stay Free, AIDS Free (Comece livre, permaneça livre, livre da AIDS, na tradução livre para o português) mostra que, apesar dos grandes progressos realizados desde o início da epidemia, a resposta ao HIV para crianças tem ficado para trás. Ano após ano, o, Leia Mais

Pumza Mooi está preocupada. Moradora de Porto Elizabeth, na África do Sul, ela é uma das 2,5 milhões de pessoas no país que vivem com HIV, mas que atualmente não estão fazendo uso do tratamento antirretroviral.

Houve grandes mudanças no cenário de financiamento da resposta à AIDS desde 2010. Em dólares constantes de 2016, o financiamento geral em países de baixa e média renda aumentou de US$ 15 bilhões em 2010 para US$ 19 bilhões em 2018.

Como mulher africana, as lembranças da AIDS estão gravadas em mim: de membros da família que se foram muito cedo, deixando-nos enlutados e despedaçados; dos desvios de curso nos planos de desenvolvimento dos países; e de temer que a ameaça fosse impossível de derrotar.

Antes do Dia Internacional da Mulher, o UNAIDS lançou o novo relatório “Nós temos o poder”, mostrando que as grandes desigualdades de gênero continuam a tornar as mulheres e meninas mais vulneráveis ​​ao HIV. Temos o poder de estimular os governos a fazerem mais para empoderar mulheres e meninas e cumprirem seus direitos humanos.

O dia 1º de março marca a celebração do Dia Mundial de Zero Discriminação. A data busca promover uma reflexão sobre as diferentes formas de discriminação enfrentadas por populações vulneráveis ao redor do mundo, e incentivar a promoção dos direitos humanos como forma de alcançar uma sociedade mais justa para todas as pessoas. Este, Leia Mais

Quando os países concordaram em acelerar a resposta ao HIV, na Reunião de Alto Nível das Nações Unidas pelo fim da AIDS de 2016, um dos compromissos que assumiram foi o de aumentar o investimento na resposta à AIDS. Embora os países tenham concordado em investir pelo menos US$ 26 bilhões por ano até, Leia Mais

Um novo filme sobre o HIV na Rússia, do YouTuber e jornalista Yuri Dud, está despertando o interesse das pessoas pela epidemia no país.

Em 2018, a cobertura da terapia antirretroviral entre crianças vivendo com HIV na África Ocidental e Central foi de apenas 28%, muito abaixo da média global, que já era apenas 54%.

O UNAIDS e a AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) unem esforços para aumentar a ação contra o câncer do colo do útero e o HIV. Em um memorando de entendimento assinado após um evento para marcar o Dia Mundial do Câncer, na sede da AIEA em Viena, Áustria, as duas organizações se comprometeram, Leia Mais