Reunião entre o UNAIDS e o Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania

A equipe do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), liderada por Claudia Velasquez, representante no Brasil, se reuniu nesta terça-feira, 24, com o ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania, Silvio Almeida. Rita de Oliveira, secretária executiva do Ministério, e Clara Solon, da assessoria internacional, acompanharam o ministro.

O UNAIDS

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) saúda a nomeação da senhora Nísia Trindade e do senhor Silvio Almeida, respectivamente, para os Ministérios da Saúde e dos Direitos Humanos e da Cidadania.

O UNAIDS fechou o ano de 2022 com um chamado à Equidade Já. Este chamado reforça a urgência de acabar com as desigualdades que estão impedindo o progresso para acabar com a AIDS como ameaça à saúde pública até 2030. Culmina, também, um ano intenso de trabalho para amplificar a resposta ao HIV no, Leia Mais

A 51ª reunião do PCB – Programme Coordinating Board (Junta de Coordenação do Programa, em tradução livre para o português) do UNAIDS foi concluída dia 16 de dezembro, com compromissos de ações importantes para levar o mundo novamente à meta de acabar com a AIDS até 2030. Durante a reunião, que contou com a, Leia Mais

O UNAIDS parabeniza a nomeação de Erika Castellanos como a nova diretora executiva da Ação Global pela Igualdade Trans (GATE), em tradução livre para o português. A GATE trabalha para garantir justiça e igualdade para comunidades trans, de gênero diverso e pessoas intersexo por meio de parcerias estratégicas com diversas entidades globais, incluindo o, Leia Mais

No final de setembro, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) promoveram a Oficina “Mulheres, diversidade, e impacto local” em Brasília (DF). A oficina teve como objetivo ampliar o conhecimento e o acesso das mulheres em suas diversidades à prevenção, diagnóstico, tratamento e cuidado integral, Leia Mais

O Dia Mundial da AIDS é um momento para homenagear mais de 40 milhões de vidas perdidas por doenças relacionadas à AIDS, fazer um balanço da resposta à AIDS e comprometer-se a acabar com de AIDS.

No Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher, celebrado em 25 de novembro, o UNAIDS fez um apelo para que o mundo se una a fim de acabar com a violência de gênero em todas as suas formas e para desafiar as desigualdades de gênero que impulsionam a pandemia do HIV.

Os Estados Unidos, Holanda e Alemanha, três grandes países doadores, anunciaram aumento além dos recursos já prometidos, para apoiar o trabalho do UNAIDS, baseado nos direitos humanos, para acabar com a AIDS. O anúncio foi feito no centro global do UNAIDS, em Genebra.

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e a Universidade Federal de Roraima (UFRR) abrem inscrições para oficinas do Módulo II do curso “Saúde, Educação e Migração: Vulnerabilidades, Diversidade e Direitos”.