A 50ª reunião do Junta de Coordenação do UNAIDS (PCB, sigla em inglês), que aconteceu entre os dias 21 e 24 de junho, foi encerrada com decisões para fortalecer o acesso aos serviços de HIV para as pessoas mais vulneráveis à pandemia do HIV e medidas para ajudar a fechar as lacunas de financiamento, Leia Mais

Na 75ª Assembleia Mundial da Saúde, realizada em Genebra, o UNAIDS encorajou lideranças a impedirem as desigualdades globais que conduzem a pandemias como o HIV e a COVID-19. O UNAIDS salientou que o respeito pelos direitos humanos de todas as pessoas é essencial para alcançar a saúde.

Já faz mais de meio século que as Nações Unidas proclamaram o 21 de março como o Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial. Nesse dia, em 1960, a polícia abriu fogo sobre uma multidão de manifestantes pacíficos que se levantavam e se manifestavam contra o apartheid na África do Sul. Dezenas de, Leia Mais

O UNAIDS está profundamente triste com a morte do Arcebispo Desmond Tutu, que lutou contra o apartheid na África do Sul e combateu o racismo e a injustiça em todo o mundo.

No Dia Internacional dos Direitos Humanos, o UNAIDS pede por ações concretas para prevenir e responder às violações sistêmicas dos direitos humanos que criam e exacerbam as desigualdades.

O UNAIDS emitiu hoje um aviso contundente de que se as lideranças mundiais não conseguirem abordar as desigualdades, o mundo poderá enfrentar 7,7 milhões* de mortes relacionadas à AIDS nos próximos 10 anos. O UNAIDS adverte, ainda, que se as medidas transformadoras necessárias para acabar com a AIDS não forem tomadas, o mundo também, Leia Mais

Olá, amigos e amigas, saudações neste Dia Mundial da AIDS e minha solidariedade para todas as pessoas enquanto enfrentamos o impacto de duas pandemias que colidem.

Com grandes dificuldades de financiamento desde 2015, o UNAIDS convocou doadores, parcerias e participantes do Junta de Coordenação do Programa (PCB) em Genebra, Suíça, para um diálogo a fim de ajudar a reforçar os esforços do UNAIDS no apoio aos países para acabar com a AIDS até 2030 como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Lançada em meados de setembro por Winnie Byanyima, diretora executiva do UNAIDS, a campanha “Respeito” está sensibilizando a equipe do UNAIDS sobre a Política de Prevenção e Tratamento de Conduta Abusiva do UNAIDS/Organização Mundial da Saúde (em inglês), atualizada no início de 2021.

No período em que milhões de pessoas perderam o trabalho, Queen Kennedy conseguiu um novo emprego. Como uma mulher vivendo com HIV na Nigéria, ela respondeu ao chamado para se tornar uma farmacêutica comunitária. Os lockdowns reduziram o acesso ao tratamento e prevenção do HIV. Mas através de uma iniciativa da Comunidade Internacional de, Leia Mais