A insegurança alimentar e o HIV estão entrelaçados em um ciclo que aumenta a vulnerabilidade e piora a gravidade de cada uma delas. No Sul da África, região mais afetada pela crise de fome atualmente, a insegurança alimentar pode estar associada ao aumento dos comportamentos de risco de transmissão e à diminuição do acesso ao tratamento e cuidados com o HIV. Entre as pessoas que fazendo o uso de medicamentos antirretrovirais, a insegurança alimentar também pode afetar a adesão ao tratamento.

Leia Mais

O Movimento Nacional das Cidadãs Posithivas (MNCP) lança nesta sexta-feira (24), às 10 horas, seu novo site: www.mncp.org.br. O portal disponibiliza informações sobre a infecção pelo HIV, a vulnerabilidade das mulheres e as ações e encontros nacionais do MNCP. O lançamento pode ser acompanhado ao vivo através da página do Facebook do MNCP, possibilitando a participação de integrantes de todo o país.

Leia Mais

A Aliança Empresarial para Acabar com a AIDS até 2030, uma coalizão público-privada copatrocinada pelo UNAIDS e GBCHealth, foi anunciada hoje em Davos, Suíça, às margens do Encontro Anual do Fórum Econômico Mundial.

Leia Mais

O UNAIDS pede aos governos a garantia de que o direito à saúde seja alcançado por todos, a partir da priorização dos investimentos públicos em saúde. Pelo menos metade da população mundial não consegue acessar serviços essenciais de saúde. A cada dois minutos uma mulher morre ao dar à luz. Entre as pessoas deixadas para trás estão mulheres, adolescentes, pessoas vivendo com HIV, gays e outros homens que fazem sexo com homens, profissionais do sexo, pessoas que usam drogas injetáveis, transgêneros, migrantes, refugiados e pessoas pobres.

Leia Mais

Com o início de uma nova década em 2020, a Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou, no dia 13 de janeiro, uma lista com os principais desafios urgentes e globais à saúde. Reduzir o número de casos de HIV, tuberculose, hepatites virais e malária é uma das 13 prioridades para os próximos 10 anos, de acordo com uma lista criada com a contribuição de especialistas de todo o mundo.

Leia Mais

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) parabeniza a Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo, ONG responsável pela maior parada LGBT do mundo, pela decisão de adotar o tema HIV/AIDS para a sua 25ª edição, que acontecerá em 2021.

Leia Mais

A maioria das pessoas que vivem com HIV e das pessoas que vivem com AIDS no Brasil já passou por pelo menos alguma situação de discriminação ao longo de suas vidas. É o que indica um estudo feito com 1.784 pessoas, em sete capitais brasileiras, entre abril e agosto de 2019. Os dados fazem parte do Índice de Estigma em relação às pessoas vivendo com HIV/AIDS – Brasil, realizado pela primeira vez no país.

Leia Mais

Direitos humanos são a chave para acabar com a AIDS e vêm sendo o centro de toda a luta e todo o sucesso que tivemos desde o começo da epidemia.

Leia Mais

Sob o lema “Fale comigo abertamente”, a campanha para o Dia Mundial contra a AIDS  deste ano, feita em conjunto pelos escritórios regionais para América Latina e Caribe da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pela Rede Latino Americana de Jovens vivendo com HIV (J+LAC) , busca mobilizar profissionais de saúde para que conversem abertamente com jovens sobre HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis (IST) sem preconceitos, sem estigma e sem discriminação.

Leia Mais

Redentora Mariño é membro da comunidade transativista no Panamá e sua história é um exemplo de como as ações comunitárias são capazes de salvar vidas todos os dias. Aos 15 anos, ela foi expulsa de casa, incapaz de terminar a escola e forçada a procurar mecanismos de sobrevivência contra sua vontade.

Leia Mais