As agências do Sistema ONU se solidarizam com os familiares, amigas e amigos do estudante João Pedro Mattos Pinto, de 14 anos, morto na última segunda-feira (18), na comunidade do Complexo do Salgueiro, na cidade de São Gonçalo, no estado do Rio de Janeiro.

Leia Mais

A publicação “Parques para Todas e Todos – Sugestões para a implantação de parques urbanos com perspectiva de gênero” foi lançada na quinta-feira (21) pelo Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) e pelo Instituto Semeia. O material teve o apoio da ONU Mulheres e do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), e é uma ferramenta para inspirar a construção de espaços mais diversos a partir da inserção da perspectiva de gênero em parques urbanos em sua implantação ou gestão. Nela podem ser encontradas diretrizes, sugestões e ideias para começar a pensar em parques que considerem as necessidades de todas e todos.

Leia Mais

A prestação de serviços de saúde liderados pela comunidade, um pilar importante na resposta ao HIV, tornou-se ainda mais crítica no contexto da COVID-19, à medida em que as necessidades dos membros de comunidades marginalizadas e a carga sobre setor de saúde estão aumentando, tornando crucial a garantia da provisão continuada de serviços de HIV, tuberculose e outros serviços de saúde. Organizações lideradas pela comunidade atuam como uma corda salva-vidas para populações carentes, marginalizadas e de difícil acesso, em todo o mundo.

Leia Mais

A ONU Mulheres estima que, nos últimos 12 meses, 243 milhões de mulheres e adolescentes de 15 a 49 anos foram submetidas a violência sexual e/ou física por algum parceiro íntimo. Como resultado do isolamento imposto para impedir a disseminação da COVID-19, dados emergentes mostram que esse tipo de violência se intensificou. Na França, por exemplo, os relatos de violência doméstica aumentaram 30% desde o início do isolamento no dia 17 de março. Na Argentina, as ligações de emergência com relatos de violência doméstica aumentaram 25% desde o início do confinamento, no dia 20 de março. Outros países também relataram aumentos nos números.

Leia Mais

O UNAIDS dá boas-vindas ao anúncio de que o cabotegravir injetável de ação prolongada é seguro e eficaz na prevenção do HIV entre gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH) e mulheres trans. O estudo da Rede de Ensaios de Prevenção ao HIV (HPTN) 083 convocou quase 4.600 pessoas que não vievm com HIV de mais de 40 locais na América do Norte e do Sul, da Ásia e da África.

Leia Mais

Nós, líderes das instituições globais de saúde, direitos humanos e desenvolvimento, nos reunimos para chamar urgentemente a atenção dos líderes políticos para a crescente vulnerabilidade de prisioneiros e outras pessoas privadas de liberdade à pandemia de COVID-19, e estimulamos que tomem todas as medidas de saúde pública apropriadas em relação a essa população vulnerável que faz parte de nossas comunidades.

Leia Mais

A marginalização e as vulnerabilidades impostas à comunidade de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexo (LGBTI+) colocam estas pessoas entre as mais expostas à pandemia de COVID-19. Um dos maiores desafios para governos, empresas, organismos internacionais e demais atores envolvidos é garantir que as medidas de apoio para mitigar o impacto socioeconômico desta crise tenham como foco esta parcela da população, comprovadamente mais propensa ao desemprego e à pobreza que a população em geral.

Leia Mais

Mais de 140 líderes e especialistas mundiais, incluindo o Presidente da África do Sul e Presidente da União Africana, Cyril Ramaphosa, o Primeiro Ministro do Paquistão, Imran Khan, o Presidente da República do Senegal, Macky Sall e o Presidente da República do Gana, Nana Addo Dankwa Akufo-Addo, assinaram uma carta aberta pedindo a todos os governos que se unam em prol de uma vacina popular contra a COVID-19. O pedido foi feito apenas alguns dias antes dos Ministros da Saúde se reunirem virtualmente para a Assembléia Mundial da Saúde, em 18 de maio.

Leia Mais

O Projeto Balaio: saúde, inclusão e comunidade, uma iniciativa realizada em São Paulo pela ONG Barong, com apoio do UNAIDS, abriu hoje (13/5) o cadastro oline para receber inscrições de pessoas vivendo com HIV/AIDS e pessoas LGBTI+ que necessitem de apoio com cesta básica de alimentos e kits de higiene e limpeza neste contexto de COVID-19. O projeto tem foco inicial em pessoas que moram na cidade de São Paulo e se encontram em situação de extrema vulnerabilidade. Seu objetivo é mitigar os impactos secundários da pandemia de COVID-19 sobre estas populações.

Leia Mais

Em um sábado à noite como outro qualquer, centenas de milhares de jovens lésbicas, gays, bissexuais, travestis, trans e intersexo estariam certamente se arrumando para ir a uma festa LGBTI+. Para muitos deles, estes encontros representam verdadeiros espaços de convivência, onde se sentem seguros para viver sua sexualidade e expressar sua identidade de gênero. Mas, com a pandemia de COVID-19, tudo isso mudou. 

Leia Mais