A maioria das pessoas que vivem com HIV e das pessoas que vivem com AIDS no Brasil já passou por pelo menos alguma situação de discriminação ao longo de suas vidas. É o que indica um estudo feito com 1.784 pessoas, em sete capitais brasileiras, entre abril e agosto de 2019. Os dados fazem parte do Índice de Estigma em relação às pessoas vivendo com HIV/AIDS – Brasil, realizado pela primeira vez no país.

Leia Mais

Direitos humanos são a chave para acabar com a AIDS e vêm sendo o centro de toda a luta e todo o sucesso que tivemos desde o começo da epidemia.

Leia Mais

Redentora Mariño é membro da comunidade transativista no Panamá e sua história é um exemplo de como as ações comunitárias são capazes de salvar vidas todos os dias. Aos 15 anos, ela foi expulsa de casa, incapaz de terminar a escola e forçada a procurar mecanismos de sobrevivência contra sua vontade.

Leia Mais

Em todo o mundo, as organizações dirigidas por pessoas vivendo com HIV ou afetadas pelo vírus defendem os direitos humanos e oferecem serviços de prevenção, tratamento, cuidados e apoio ao HIV a seus pares. Essas organizações comunitárias ajudaram a garantir que mais de 23 milhões de pessoas tivessem acesso ao tratamento para o HIV em 2018.

Leia Mais

Acabar com a epidemia de AIDS até 2030, como nos comprometemos nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, exigirá um esforço contínuo de colaboração. As Nações Unidas, governos, sociedade civil e outros parceiros têm trabalhado juntos para ampliar o acesso aos serviços de saúde e reduzir as novas infecções por HIV. Mais de 23 milhões de pessoas vivendo com HIV estavam em tratamento em 2018.

Leia Mais

Sob o lema “Fale comigo abertamente”, a campanha para o Dia Mundial contra a AIDS  deste ano, feita em conjunto pelos escritórios regionais para América Latina e Caribe da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pela Rede Latino Americana de Jovens vivendo com HIV (J+LAC) , busca mobilizar profissionais de saúde para que conversem abertamente com jovens sobre HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis (IST) sem preconceitos, sem estigma e sem discriminação.

Leia Mais

Chefe de gabinete, governador interino James Nyoro, colegas do Sistema das Nações Unidas. Jambo!

Voluntários de saúde comunitária, vocês são meus heróis e heroínas. Estou muito feliz por estar aqui com vocês hoje no Condado de Kiambu, no Quênia.

Leia Mais

O novo relatório do UNAIDS Poder para as pessoas, divulgado às vésperas do Dia Mundial contra a AIDS, mostra que onde as pessoas e as comunidades que vivem com HIV e que são afetadas pelo vírus estão envolvidas na tomada de decisões e na prestação de serviços de HIV, as novas infecções diminuem e mais pessoas vivendo com HIV ganham acesso ao tratamento. Quando as pessoas têm o poder de escolher, saber, prosperar, demandar e trabalhar juntas, vidas são salvas, injustiças são evitadas e a dignidade é restaurada.

Leia Mais

Eu acredito em comunidades.

As comunidades fazem a mudança acontecer.

As comunidades são a melhor esperança para acabar com a AIDS porque as lutam contra o HIV desde o início!

Leia Mais

Todos os meses, no contexto de datas relevantes, eventos e prioridades temáticas, o Sistema das Nações Unidas no Brasil destaca pelo menos um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para que ele seja apresentado ao público de maneira informativa, relevante e engajadora.

Leia Mais