O UNAIDS tem uma política de tolerância zero para assédio sexual, com diretrizes e procedimentos claros para lidar com alegações e queixas. A organização está empenhada em ter um ambiente de trabalho seguro e propício para seus funcionários. Leia Mais

Incidência política e participação proativa no controle social da saúde pública no Distrito Federal, com foco em questões relacionadas ao HIV e à AIDS. Este é o tema do Curso de Orçamento Público em Saúde, Advocacy e Negociação para Jovens Lideranças no Distrito Federal, promovido pelo UNAIDS Brasil em Brasília. A primeira sessão (30-31 de janeiro) reuniu 26 jovens—especialmente de populações-chave e prioritárias, como pessoas vivendo com HIV/AIDS, gays e outros homens que fazem sexo com homens, travestis, transexuais e população negra. A seleção foi feita por meio de chamada pública. Leia Mais

O que #ÉBomSaber para curtir um Carnaval de forma saudável e protegida? A partir desta quarta-feira, 7, diversas dicas sobre prevenção, saúde e direitos sexuais e reprodutivos começam a ser veiculadas nas redes sociais com o objetivo de incentivar a disseminação de informações importantes para foliões e foliãs.  Leia Mais

A Rede Ibero-Americana de estudos HSH (homens que fazem sexo com homens) está lançando a primeira pesquisa comunitária online sobre saúde sexual entre HSH na América Latina, conhecido pela sigla em inglês LAMIS 2018 (Latin America MSM Internet Survey). O estudo busca levantar informações sobre o universo dos homens gays, bissexuais e outros homens (incluindo homens trans) que fazem sexo com homens. Para participar, é preciso ter 18 anos ou mais.
Leia Mais

Infecções sexualmente transmissíveis, mortes maternas – incluindo óbitos por abortos sépticos (quando o feto não é eliminado completamente causando infecção) -, hanseníase, tuberculose e Doença de Chagas. Estes são alguns dos problemas de saúde evitáveis e mais frequentes na população negra, tanto na comparação com o contingente branco quanto em relação às médias nacionais, em certos casos. Leia Mais

O UNAIDS torna público o processo de seleção para o projeto “Luz, Câmera, Zero Discriminação”, que será realizado na cidade de São Paulo (SP) de fevereiro a março de 2018. Leia Mais

Uma conversa com Marcela Romero

Marcela Romero é uma ativista argentina reconhecida por sua luta pelos direitos das pessoas trans. Atualmente, Marcela é Presidente da FALGBT (Federação Argentina de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Trans), Presidente da ATTTA (Associação de Travestis, Transsexuais e Transgêneros da Argentina) e Coordenadora Regional da Rede de Pessoas Trans da América Latina e do Caribe (REDLACTRANS). Leia Mais

UNAIDS, ICV, Johnson & Johnson, BD (Becton Dickinson) e o Centro para Saúde Global e Diplomacia estão recebendo o fórum Assistência Transformadora para o Desenvolvimento, que tem como objetivo criar conexões para ampliar as inovações e os investimentos na área da saúde e o alcance às populações vulneráveis. Leia Mais

Uma seção especial sobre HIV e Direitos Humanos foi publicada na Revista de Saúde e Direitos Humanos. Onze artigos—abrangendo questões como o estigma e a discriminação relacionados com o HIV, a desigualdade de gênero e os efeitos do abuso e criminalização de populações-chave—oferecem reflexões críticas sobre a resposta à AIDS e exigem esforços renovados para enfrentar barreiras legais, sociais e estruturais para alcançar saúde melhor para todos. Leia Mais

O que você sabe sobre HIV e AIDS, sobre sexualidade, estigma e discriminação? Será que seu repertório está atualizado para os dias de hoje, ou ficou parado nos anos 80 e 90? Leia Mais