Leia abaixo a tradução para o português do Prefácio, assinado pela diretora executiva do UNAIDS, Winnie Byanyima, no relatório Direitos em uma pandemia – lockdowns, direitos e lições do HIV na resposta inicial à COVID-19

Enquanto o mundo enfrenta as pandemias de COVID-19, HIV, tuberculose e malária, o UNAIDS faz um chamado para apoio bipartidário dos Estados Unidos aos esforços globais contra esses desafios de saúde simultâneos.

A COVID-19 encontrou um mundo muito desigual e está colocando em evidência e agravando as desigualdades econômicas e de gênero. A resposta global ao HIV nos ensinou que apenas uma abordagem baseada em direitos, enraizada na valorização de todas as pessoas, de forma igualitária, nos ajudará a superar a COVID-19 e outras pandemias que, Leia Mais

A pandemia da COVID-19, como em outras crises de saúde, expõe as desigualdades existentes e afeta desproporcionalmente as pessoas já criminalizadas, marginalizadas e vivendo em situações financeiramente precárias, geralmente fora dos mecanismos de proteção social.

O UNAIDS pede aos países que adotem uma abordagem baseada em direitos humanos para responder ao surto global de COVID-19. Esta abordagem deve colocar as pessoas no centro e respeitar os direitos e a dignidade de todos. Para ajudar a orientar governos, comunidades e outras partes interessadas no planejamento e implementação de medidas para, Leia Mais