A partir desta quinta-feira, 14 de março, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) está sob a coordenação do Assessor para Apoio Comunitário do UNAIDS, Cleiton Euzébio de Lima. Ele assume a função de Diretor Interino após a saída de Georgiana Braga-Orillard, que esteve à frente do Escritório do UNAIDS no Brasil, Leia Mais

Em artigo publicado no caderno de Opinião do jornal Correio Braziliense, no dia 13 de março, a Diretora do UNAIDS Brasil, Georgiana Braga-Orillard, fala sobre o fim de seu mandato no país e os próximos desafios para alcançar o fim da epidemia de AIDS. Confira:

Por Tom Rosshirt – Publicado originalmente no Creators Syndicate em 20 de junho de 2012

Senhora Presidente, Excelências, parceiros da sociedade civil e colegas, agradeço por esta oportunidade de dirigir-me à 61ª Sessão da Comissão de Drogas e Narcóticos (CND, na sigla em inglês).

O Diretor Executivo do UNAIDS, Michel Sidibé, anunciou um plano de cinco pontos para prevenir e enfrentar o assédio, incluindo o assédio sexual e o comportamento antiético, dentro do UNAIDS. O planejamento irá assegurar que o comportamento inadequado e o abuso de autoridade sejam identificados no início, que as medidas tomadas sejam devidamente documentadas, Leia Mais

O UNAIDS tem uma política de tolerância zero para assédio sexual, com diretrizes e procedimentos claros para lidar com alegações e queixas. A organização está empenhada em ter um ambiente de trabalho seguro e propício para seus funcionários.

Infecções sexualmente transmissíveis, mortes maternas – incluindo óbitos por abortos sépticos (quando o feto não é eliminado completamente causando infecção) -, hanseníase, tuberculose e Doença de Chagas. Estes são alguns dos problemas de saúde evitáveis e mais frequentes na população negra, tanto na comparação com o contingente branco quanto em relação às médias nacionais,, Leia Mais

Os dados são claros: os jovens vêm sendo mais impactados pela epidemia de AIDS no mundo todo. O Boletim Epidemiológico sobre HIV e AIDS do Ministério da Saúde, divulgado em 2016, indica que, de 2006 a 2015, os casos de AIDS triplicaram na população masculina de 15 a 19 anos. Nos homens brasileiros com, Leia Mais

Os avanços na resposta ao HIV não têm precedentes. Na África do Sul, em 2000, somente 90 pessoas tinham acesso à terapia antirretroviral. Hoje, a África do Sul possui o maior programa de HIV do mundo, com 4,2 milhões de pessoas que vivem com HIV no país em tratamento. Nós ultrapassamos as metas globais, Leia Mais

Mensagem do Secretário-Geral da ONU para o Dia Mundial contra a AIDS

O mundo está no caminho para alcançar seu objetivo de acabar com a epidemia de AIDS até 2030. Cerca de 21 milhões de pessoas vivendo com HIV agora têm acesso ao tratamento—um número que deve crescer para mais de 30 milhões até 2020. As mortes relacionadas à AIDS e as novas infecções por HIV estão, Leia Mais