Os avanços na resposta ao HIV não têm precedentes. Na África do Sul, em 2000, somente 90 pessoas tinham acesso à terapia antirretroviral. Hoje, a África do Sul possui o maior programa de HIV do mundo, com 4,2 milhões de pessoas que vivem com HIV no país em tratamento. Nós ultrapassamos as metas globais, Leia Mais

O mundo está no caminho para alcançar seu objetivo de acabar com a epidemia de AIDS até 2030. Cerca de 21 milhões de pessoas vivendo com HIV agora têm acesso ao tratamento—um número que deve crescer para mais de 30 milhões até 2020. As mortes relacionadas à AIDS e as novas infecções por HIV estão, Leia Mais

1º de dezembro de 2017 Neste Dia Mundial contra a AIDS, destacamos a importância do direito à saúde e os desafios que as pessoas vivendo com HIV enfrentam no exercício deste direito. O direito à saúde é um direito humano fundamental—todos têm direito de desfrutar do mais alto padrão possível de saúde física e, Leia Mais

Durante a reunião da Coalizão Global sobre Prevenção do HIV, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), lançaram um novo roteiro para reduzir o número de novas infecções por HIV: O Roteiro de Prevenção do HIV até 2020. Durante o evento, Michel Sidibé, diretor do, Leia Mais

Em artigo editorial publicado na edição francesa do Huffpost, dia 20 de julho de 2017, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, e o Diretor Executivo do UNAIDS, Michel Sidibé, falam sobre os avanços e desafios da resposta ao HIV. Confira abaixo a tradução livre para o português, feita pela equipe do UNAIDS no Brasil:, Leia Mais

Prefácio do Relatório Acabando com a AIDS—Progresso rumo às metas 90-90-90

Prefácio da publicação Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a Resposta ao HIV – histórias com foco nas pessoas, do UNAIDS.

Nos últimos 15 anos, a visão e a generosidade dos Estados Unidos salvaram milhões de vidas e impediram que a AIDS se tornasse um risco de segurança global. A maioria das 18 milhões de pessoas em tratamento de HIV hoje deve sua vida aos Estados Unidos. Os investimentos americanos estão permitindo que milhões de, Leia Mais

O tema do Dia Mundial de Zero Discriminação deste ano é “fazer barulho”. Elevar nossas vozes em solidariedade pela compaixão, diversidade, igualdade, inclusão e tolerância é o núcleo de nossa humanidade compartilhada. Hoje, renovamos o nosso compromisso de alcançar um mundo livre de estigma e discriminação, no qual ninguém seja deixado para trás.

Desde a emergência da AIDS, há 35 anos, a comunidade internacional pode olhar para trás com algum orgulho mas ainda é necessário olhar para a frente com determinação e comprometimento para alcançar nosso objetivo de acabar com a epidemia de AIDS até 2030.