O relatório mais recente sobre o progresso das metas Start Free, Stay Free, AIDS Free (Comece livre, permaneça livre, livre da AIDS, na tradução livre para o português) mostra que, apesar dos grandes progressos realizados desde o início da epidemia, a resposta ao HIV para crianças tem ficado para trás. Ano após ano, o, Leia Mais

Em 2018, o número de pessoas que receberam tratamento para a tuberculose, que pode salvar vidas, bateu um recorde histórico – em grande parte devido a uma melhor detecção e diagnóstico da doença. Em todo o mundo, 7 milhões de pessoas foram diagnosticadas e tratadas para TB, contra 6,4 milhões em 2017. Isso permite, Leia Mais

O UNAIDS recebeu com muito ânimo a notícia de que um homem vivendo com HIV foi funcionalmente curado do vírus HIV. Especialistas do University College London e Imperial College London trataram um avançado linfoma de Hodgkin em 2016 usando transplantes de células-tronco de um doador que carregava uma mutação genética rara. Pesquisadores relatam que, Leia Mais

No próximo dia 1º de dezembro, o mundo completará 30 anos da criação do Dia Mundial contra a AIDS. Desde 1988, a resposta à AIDS alcançou progressos significativos. Atualmente, três em cada quatro pessoas vivendo com HIV conhecem seu estado sorológico. No entanto, ainda temos um longo caminho a percorrer, como mostra o último, Leia Mais

O escritório do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) no Brasil tem acompanhado com preocupação as notas divulgadas pela imprensa, organizações da sociedade civil e contatos individuais sobre dificuldades de acesso a alguns medicamentos antirretrovirais em algumas cidades, incluindo fracionamentos na entrega de medicamentos.

O cuidado e o apoio relacionados ao HIV referem-se aos principais serviços clínicos de terapia não antirretroviral, ao tratamento de infecções relacionadas ao HIV e aos serviços não clínicos que, em combinação com terapia antirretroviral, contribuem para a redução das taxas de saúde debilitada e de mortes relacionadas à AIDS entre as pessoas de, Leia Mais

Os desafios da resposta ao HIV tanto na África Ocidental quanto na África Central são o foco de um relatório divulgado este mês (20/4) pela organização Médicos Sem Fronteiras (MSF).

O mundo superou as metas para AIDS do Objetivo de Desenvolvimento do Milênio (ODM) 6 e está a caminho de alcançar o fim da epidemia de AIDS até 2030 como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O ensaio clínico START (Strategic Timing of Antiretroviral Treatment), um estudo internacional rândomico financiado pelo National Institutes of Health (NIH), encontrou evidências convincentes de que os benefícios de começar a terapia antirretroviral imediatamente superam os riscos.

Fortalecer e ampliar as abordagens de base comunitária para ofertar tratamento para o HIV é vital para o sucesso a longo prazo da resposta à AIDS. É o que diz o relatório lançado em 20 de abril pela ONG Médicos sem Fronteiras (MSF) e pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS).