Publicação do UNAIDS destaca importância dos serviços de cuidado e apoio relacionados ao HIV

O cuidado e o apoio relacionados ao HIV referem-se aos principais serviços clínicos de terapia não antirretroviral, ao tratamento de infecções relacionadas ao HIV e aos serviços não clínicos que, em combinação com terapia antirretroviral, contribuem para a redução das taxas de saúde debilitada e de mortes relacionadas à AIDS entre as pessoas de pessoas vivendo com HIV.

À medida que o acesso à terapia antirretroviral se expande em todo o mundo e o número de mortes relacionadas à AIDS continua a diminuir, estes serviços estão se tornando cada vez mais importantes. Uma nova publicação do UNAIDS, HIV Care and Support (Cuidado e Apoio ao relacionados ao HIV, na tradução livre para o português) demonstra como esses serviços são essenciais, levando em consideração as diretrizes da Organização Mundial da Saúde presentes no documento Consolidated guidelines on the use of antiretroviral drugs for treating and preventing HIV infection (Diretrizes Consolidadas Sobre o Uso de Medicamentos Antirretrovirais no Tratamento e Prevenção da Infecção pelo HIV, na tradução livre para o português).

“O acesso aos programas de testagem de HIV deve ser expandido para que as pessoas que necessitam de tratamento possam ser imediatamente atendidas e incentivadas a aderir ao tratamento.”
Mahesh Mahalingham, Diretor, Escritório do Diretor Executivo Adjunto do UNAIDS

O cuidado e o apoio são importantes por diversas razões: para facilitar o acesso imediato ao tratamento quando uma pessoa é diagnosticada soropositiva; apoiar a adesão ao tratamento de forma a obter a supressão viral das pessoas vivendo com HIV em nome da sua própria saúde, como também para prevenir a infecção de outras pessoas pelo HIV;  para melhorar a prevenção e a gestão das infecções relacionadas ao HIV; e para enfrentar os desafios de se viver com o HIV.

CITAÇÃO

 

“A terapia antirretroviral deve ser fornecida imediatamente às pessoas que tenham um diagnóstico positivo, assim como também deve-se fornecer os cuidados e apoio, a assessoria e testagem, o apoio jurídico, social e econômico, acompanhamento da saúde mental e emocional e acesso a métodos contraceptivos e serviços de saúde.”

Meg Doherty, Coordenadora de Tratamento e Cuidado, Departamento de HIV e Programa de Hepatite Global, Organização Mundial da Saúde

Notícias Relacionadas