A transmissão vertical do HIV (quando o bebê pode se infectar durante a gestação, parto ou amamentação) ainda é um desafio de saúde pública para diversos países. Em 2018, cerca de 160 mil crianças de até 14 anos adquiriram o HIV globalmente, de acordo com o relatório global do UNAIDS de 2019—Communities at the, Leia Mais

“Eu pensei que nunca seria feliz novamente”, disse Mei Zi, que atualmente vive com HIV e é mãe de um garoto muito animado. Ela chama seu filho de “anjo calmo”, pois ele não fala muito. Mei Zi diz que “anjo calmo” é como um presente de Deus.

O relatório Novas gerações livres de HIV, sífilis, hepatite B e doença de Chagas nas Américas 2018, lançado pela OPAS/OMS em 2019, destaca o êxito de países da América Latina e do Caribe na eliminação da transmissão dessas infecções. O estudo foi realizado com 52 nações e territórios das Américas, e apresenta que, desde, Leia Mais

Todos os anos, estima-se que 2.100 crianças na América Latina e no Caribe nascem com o HIV ou contraem o vírus de suas mães; 22.400 são infectados com sífilis; cerca de 9.000 nascem com a doença de Chagas; e 6.000 contraem o vírus da hepatite B. Se não forem detectados e tratados a tempo,, Leia Mais

O UNAIDS parabeniza o governo brasileiro pela iniciativa do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das DST, AIDS e Hepatites Virais (DDAHV), do Ministério da Saúde, de criação do Grupo de Trabalho (GT) de Certificação da Eliminação da Transmissão Vertical do HIV e/ou da Sífilis no Brasil.

A Malhação: Seu Lugar no Mundo vai lançar neste sábado, 2 de abril, uma nova série original chamada Eu Só Quero Amar, cujo tema central será a vida de casais sorodiferentes (quando dos parceiros um vive com HIV e o outro não).

Cuba se tornou, hoje (30/6), o primeiro país do mundo a receber a validação da Organização Mundial de Saúde (OMS) da eliminação da transmissão vertical, de mãe para filho, do HIV e da sífilis.