O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) saúda a decisão do Ministério da Saúde, em nota publicada neste dia 30 de março, de incluir todas as pessoas adultas entre 18 e 59 anos que vivem com HIV/AIDS como grupo prioritário para o Programa Nacional de Imunização (PNI) contra a COVID-19.

Neste dia 19 de agosto, Dia Mundial Humanitário, o UNAIDS reconhece e celebra o poder das comunidades e seus verdadeiros heróis e heroínas da vida real: as pessoas e grupos que trabalham juntos para fazer a diferença para si memos e para os outros.

A COVID-19 é uma pandemia sem precedentes em todo o mundo devido à sua velocidade de propagação e seu impacto na saúde pública, na economia e na dinâmica social. Nesse contexto, o escritório regional do UNAIDS para a América Latina e o Caribe lançou uma nova pesquisa voltada para as populações-chave – aquelas que, Leia Mais

Pesquisa realizada pelo UNAIDS Brasil com quase 3.000 pessoas vivendo com HIV e vivendo com AIDS no país aponta que 42,9% esperam apoio das instituições de governo e de organizações não governamentais para a provisão de serviços de assistência social, incluindo alimentação. Quase metade delas (46%) considerava ter informações insuficientes sobre a relação entre, Leia Mais

Pumza Mooi está preocupada. Moradora de Porto Elizabeth, na África do Sul, ela é uma das 2,5 milhões de pessoas no país que vivem com HIV, mas que atualmente não estão fazendo uso do tratamento antirretroviral.

Estes são tempos difíceis para todos nós. O UNAIDS pede às pessoas que ajam com gentileza e digam não ao estigma e à discriminação—as pessoas afetadas pela COVID-19 são parte da solução e devem ser apoiadas.