O UNAIDS e a Fundação Pediátrica para AIDS Elizabeth Glaser sediaram uma sessão de informação parlamentar de Alto Nível no Senado dos Estados Unidos com objetivo de aumentar o impulso em torno do marco de Superaceleração da Resposta – Comece Livre, Permaneça Livre, Livre da AIDS (em inglês Start Free, Stay Free, AIDS Free)., Leia Mais

Pelo segundo ano consecutivo e pela terceira vez, o UNAIDS recebe o Prêmio Literário da Associação Médica Britânica (conhecida pela sigla em inglês BMA). A premiação é para a publicação Como a AIDS mudou tudo (How AIDS Changed Everything), que se sagrou vice-campeã na categoria Escolha do Presidente e recebeu menção honrosa na categoria, Leia Mais

Durban encerrou esta sexta-feira a semana da 21ª Conferência Internacional sobre a AIDS

O relatório Lacunas na Prevenção, lançado pelo UNAIDS esta semana (12/7) faz diversas menções ao Brasil, destacando os avanços e os desafios do país em várias frentes da prevenção como resposta ao HIV.

Um novo relatório do UNAIDS revela tendências relacionadas a novas infecções pelo HIV entre adultos. O relatório Lacuna na Prevenção (Prevention Gap em inglês) mostra que, enquanto progressos significativos têm sido feitos para eliminar novas infecções pelo HIV entre crianças (as novas infecções entre crianças diminuíram em mais de 70% desde 2001 e continuam, Leia Mais

Dados do último Boletim Epidemiológico de HIV e AIDS do Ministério da Saúde (2015) apontam que 57,2% dos óbitos em decorrência da AIDS registrados em 2014 ocorreram entre entre pretos e pardos.

UNAIDS e parceiros concluíram as rodadas de reuniões no Vaticano com o objetivo de finalizar o roteiro para melhorar o acesso das crianças ao tratamento do HIV. 

Um novo relatório lançado pelo Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, adverte que a epidemia de AIDS pode ser prolongada indefinidamente se medidas urgentes não forem implementadas dentro dos próximos cinco anos.

Os desafios da resposta ao HIV tanto na África Ocidental quanto na África Central são o foco de um relatório divulgado este mês (20/4) pela organização Médicos Sem Fronteiras (MSF).

O UNAIDS dá boas-vindas ao apelo feito pela Assembleia Geral das Nações Unidas aos Estados-Membros para que considerem medidas de saúde pública eficazes que melhorem os resultados para as pessoas que usam drogas e para que implementem programas capazes de reduzir o impacto dos danos associados ao uso de drogas.