Redentora Mariño é membro da comunidade transativista no Panamá e sua história é um exemplo de como as ações comunitárias são capazes de salvar vidas todos os dias. Aos 15 anos, ela foi expulsa de casa, incapaz de terminar a escola e forçada a procurar mecanismos de sobrevivência contra sua vontade.

Em todo o mundo, as organizações dirigidas por pessoas vivendo com HIV ou afetadas pelo vírus defendem os direitos humanos e oferecem serviços de prevenção, tratamento, cuidados e apoio ao HIV a seus pares. Essas organizações comunitárias ajudaram a garantir que mais de 23 milhões de pessoas tivessem acesso ao tratamento para o HIV, Leia Mais

O Diretor do Escritório Regional do UNAIDS para América Latina e o Caribe, César Nuñez, encerrou sua visita de quatro dias ao Brasil, no dia 29 de setembro, com a participação no painel Desafios para acabar com a epidemia de AIDS até 2030 no Brasil e na América Latina: a Declaração Política de 2016, Leia Mais

“A resposta brasileira ao HIV e às hepatites virais só é possível em conjunto com a sociedade civil, instituições da área de saúde, pesquisadores, organismos internacionais e poder público.” A afirmação foi feita pela Diretora do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV), Adele Benzaken, na, Leia Mais

Na noite do dia 27 de setembro, o Diretor Regional do UNAIDS para América Latina e o Caribe, Dr. César Núñez, discursou na abertura do 11º Congresso de HIV/AIDS, e 4º Congresso de Hepatites Virais em Curitiba (PR). Na ocasião, ele destacou a importância do Brasil na resposta a epidemia de AIDS, e mencionou, Leia Mais

A prefeita de Santiago, no Chile, Carolina Tohá Morales, comprometeu-se em acelerar a resposta à epidemia de HIV na capital chilena nos próximos cinco anos. Ao assinar a Declaração de Paris, a cidade de Santiago demonstra o compromisso em implementar a Estratégia de Aceleração da Resposta para o fim do HIV nas cidades.