Tamara, uma mulher trans que vive em Lima, no Peru, enfrentou discriminação relacionada a sua identidade de gênero desde o ensino fundamental, quando sofreu tanto bullying que evadiu da escola. Quando tinha 18 anos, com poucas opções, começou a trabalhar nas ruas como profissional do sexo. Tamara costumava dizer que não viveria além dos, Leia Mais

Kimi Avalos é uma jovem trans que mora em Buenos Aires, na Argentina. Por causa do estigma e da discriminação, ela não pôde continuar seus estudos e concluir o ensino médio. Ela diz que sofreu bullying e assédio; seus colegas de classe a insultaram e agrediram fisicamente, sob o olhar indiferente de seus professores., Leia Mais

De 1 a 4 de novembro deste ano, São Paulo irá sediar o I Encontro Brasileiro de Saúde Trans, a ser realizado no Teatro Marcos Lindemberg, Universidade Federal de São Paulo (Rua Pedro de Toledo, 697 – Vila Clementino, São Paulo –SP).

Dois dias dedicados ao universo trans, suas nuances e peculiaridades. Com esta proposta aconteceu em Salvador, nos dias 29 e 30 de janeiro, a segunda edição do evento Da Alegria, do Mar e de Outras Consciências, para celebrar o Dia Nacional da Visibilidade Travesti e Trans, comemorado em 29 de janeiro.

O Brasil celebrou neste dia 29 de janeiro o Dia Nacional da Visibilidade Trans. A celebração desta data tem o intuito de alertar a sociedade sobre a discriminação e a violência a que são submetidos os homens e mulheres trans em diversas dimensões da vida em sociedade.