A combinação entre HIV e câncer de colo do útero tem colocado a vida de muitas mulheres em risco. As duas doenças estão inextricavelmente ligadas, uma vez que as mulheres vivendo com HIV têm até cinco vezes mais probabilidades de desenvolver câncer do colo do útero.

O UNAIDS foi informado de várias correspondências, veiculadas por meio de e-mails, sites da Internet, mensagens de texto e pelo correio normal ou fac-símile, afirmando falsamente que foram emitidas por, ou em associação com o UNAIDS, seu Diretor Executivo, Michel Sidibé, e/ou outros oficiais do UNAIDS. Estes esquemas, que podem estar em busca da, Leia Mais

Em  sua 39ª reunião, a Junta de Coordenação do Programa do UNAIDS (PCB, em inglês), comemorou os significativos progressos realizados na resposta ao HIV e destacou a necessidade de investimentos constantes, de um maior empenho, de parcerias e de inovação para permitir que mais países entrem na Via Rápida (Fast-Track) para acabar com a, Leia Mais

1º de dezembro de 2016 Michel Sidibé, Diretor Executivo do UNAIDS Secretário-Geral Adjunto das Nações Unidas Hoje, ao comemorarmos o Dia Mundial contra a AIDS, expressamos nossa solidariedade aos 78 milhões de pessoas infectadas pelo HIV e nos lembramos dos 35 milhões que morreram de doenças relacionadas à AIDS desde que os primeiros casos, Leia Mais

Às vésperas da reunião do G20, na China, a Revista G7G20.com publicou uma entrevista com o Diretor Executivo do UNAIDS, Michel Sidibé, sobre as perspectivas e desafios para alcançarmos o fim da epidemia de AIDS até 2030. A revista é fruto de uma parceria entre os Grupos de Pesquisas G7 e G20 da Munk, Leia Mais

Um novo relatório do UNAIDS revela tendências relacionadas a novas infecções pelo HIV entre adultos. O relatório Lacuna na Prevenção (Prevention Gap em inglês) mostra que, enquanto progressos significativos têm sido feitos para eliminar novas infecções pelo HIV entre crianças (as novas infecções entre crianças diminuíram em mais de 70% desde 2001 e continuam, Leia Mais

A Universidade de Kwazulu-Natal, em Durban, África do Sul, concedeu diploma honorário ao Diretor-Executivo do UNAIDS, Michel Sidibé, reconhecendo sua contribuição para a resposta global ao HIV.

O movimento da AIDS, liderado por pessoas que vivem com HIV e que são afetadas pelo vírus, continua a inspirar o mundo e a oferecer um modelo para uma abordagem de saúde global e de transformação social baseada em direitos e centrada nas pessoas.

O mundo se comprometeu em acabar com a epidemia de AIDS até 2030 como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Este objetivo, ambicioso mas totalmente atingível, representa uma oportunidade única para mudar o curso da história para sempre, algo que nossa geração deve fazer para as gerações que virão.

A prefeita de Santiago, no Chile, Carolina Tohá Morales, comprometeu-se em acelerar a resposta à epidemia de HIV na capital chilena nos próximos cinco anos. Ao assinar a Declaração de Paris, a cidade de Santiago demonstra o compromisso em implementar a Estratégia de Aceleração da Resposta para o fim do HIV nas cidades.