Daniela de Barros, assistente de finanças no escritório do UNAIDS no Brasil, também é ponto focal em gênero do UNAIDS para a América Latina e o Caribe.

Existem aproximadamente 1.1 bilhão de meninas atualmente no mundo, a maior geração da história. Uma nova geração de jovens mulheres, formidável e sem precedentes, está exigindo ações e responsabilidade sobre várias questões que as afetam, desde mudança climática até educação de meninas, igualdade de gênero, fim do casamento infantil forçado, saúde menstrual e eliminação, Leia Mais

O segundo relatório anual de Saúde Global 50/50 foi lançado no dia 7 de março em Addis Ababa, Etiópia. O relatório analisa os progressos realizados nos últimos 12 meses por organizações ativas no setor da saúde para implementar políticas que promovam a igualdade de gênero, a não discriminação e a inclusão no local de, Leia Mais

Na África Subsaariana, três em cada quatro novas infecções entre jovens de 15 a 19 anos são entre meninas, enquanto, globalmente, o HIV é a principal causa de morte entre mulheres de 30 a 49 anos. Sabemos que a igualdade de gênero e o empoderamento feminino são pontos essenciais para acabar com a epidemia, Leia Mais

Dezoito anos atrás, aos 19 anos, Florence Anam engravidou. Quando adolescente, ela se encantou por um homem mais velho que lhe dava bastante atenção. Uma boa aluna na escola e prestes a começar a universidade, seus pais lhe disseram que ficaram desapontados com ela, mas nunca voltaram a falar sobre o assunto.

Parceiros de todo o sistema das Nações Unidas se reuniram no último 30 de maio, na sede do UNAIDS em Genebra, na Suíça, para discutir como as mudanças comportamentais, institucionais e culturais podem acelerar o progresso em rumo à igualdade de gênero.

O Dia Laranja Pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, celebrado nesse dia 25 de setembro, ressalta o compromisso mundial de adoção da Agenda pelo Desenvolvimento Sustentável 2030.