UNAIDS Brasil e o impacto na resposta ao HIV em 2022

O UNAIDS fechou o ano de 2022 com um chamado à Equidade Já. Este chamado reforça a urgência de acabar com as desigualdades que estão impedindo o progresso para acabar com a AIDS como ameaça à saúde pública até 2030. Culmina, também, um ano intenso de trabalho para amplificar a resposta ao HIV no Brasil. 

“2022 foi um ano de muitos desafios e realizações e a colaboração e o trabalho conjunto foram fundamentais para que o Brasil continue sendo uma referência na resposta ao HIV”, diz Claudia Velasquez, diretora e representante do UNAIDS no Brasil. “Em 2023, vamos seguir firmes no propósito de trabalhar por Equidade Já, a fim de que todas as pessoas, especialmente aquelas que vivem em situação de maior vulnerabilidade, tenham pleno acesso aos serviços para o HIV e AIDS que podem lhes garantir uma vida saudável e produtiva.” 

No vídeo abaixo, compartilhamos uma amostra da atuação do UNAIDS ao longo do ano.

Ações do UNAIDS Brasil em 2022