A pandemia de COVID-19 forçou muitas organizações que trabalham com o HIV lideradas pela comunidade a mudar seu trabalho e se concentrar na mobilização de fundos para fornecer assistência humanitária básica, como alimentação, abrigo e medicamentos para pessoas vivendo com HIV e integrantes de populações-chave severamente impactadas pela pandemia.