Mensagem do Secretário-Geral da ONU para o Dia Mundial contra a AIDS

O mundo está no caminho para alcançar seu objetivo de acabar com a epidemia de AIDS até 2030. Cerca de 21 milhões de pessoas vivendo com HIV agora têm acesso ao tratamento—um número que deve crescer para mais de 30 milhões até 2020. As mortes relacionadas à AIDS e as novas infecções por HIV estão em declínio. Existe uma grande esperança de que o mundo possa cumprir sua promessa de eliminar a epidemia—mas muito mais precisa ser feito.

Infelizmente, algumas partes da resposta ao HIV estão ficando para trás. Em algumas regiões do mundo, os sucessos, conquistados com dificuldade, estão sendo revertidos, com o aumento do número de novas infecções por HIV e de mortes relacionadas à AIDS.

Mulheres e meninas continuam a ser afetadas desproporcionalmente pelo HIV, especialmente na África. Os homens são menos propensos a saber que vivem com o vírus, menos propensos a procurar tratamento e, como resultado, mais propensos a transmitir o HIV. Muitas pessoas não conseguem ter acesso aos serviços de que precisam para tratar sua doença ou para se manterem saudáveis.

Neste Dia Mundial contra a AIDS, peço um compromisso renovado para terminar o que começamos e fazer da epidemia de AIDS uma coisa do passado.

Leia também: