O UNAIDS saúda a decisão histórica da Suprema Corte de Botsuana de declarar como inconstitucionais disposições-chave dos Artigos 164 e 167 do Código Penal de Botsuana. Essas disposições criminalizavam atos sexuais privados e levavam à discriminação e violência contra pessoas lésbicas, gays, bissexuais e trans (LGBT) em Botsuana.

O Presidente de Botsuana, Mokgweetsi E.K. Masisi, visitou a sede do UNAIDS em Genebra, na Suíça, em 25 de outubro de 2018 para compartilhar a visão do país sobre uma preocupação de saúde pública importante: o HIV.