A epidemia do HIV ainda tem um impacto humanitário profundo na saúde pública da África Ocidental e Central, regiões que podem ficar para trás na resposta global ao fim da epidemia de AIDS. Em julho de 2017, a União Africana endossou um plano de recuperação regional para a África Ocidental e Central, que procura, Leia Mais

Em uma reunião de alto nível em Dakar, no Senegal, UNAIDS, Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e Organização Mundial da Saúde (OMS) pediram que países da África Ocidental e Central realizem mais ações para impedir novas infecções por HIV entre crianças e adolescentes e aumentar a cobertura de testagem e tratamento do HIV.