Parabenizo o anúncio da representante do comércio dos Estados Unidos, Katherine Tai, apoiando a renúncia à proteção da propriedade intelectual para as vacinas contra a COVID-19.

Vinte anos atrás, o Acordo sobre os Aspectos dos Direitos de Propriedade Intelectual Relacionados ao Comércio (conhecido pela sigla em inglês TRIPS) da Organização Mundial do Comércio (OMC) estabeleceu padrões internacionais para proteger a propriedade intelectual. O Acordo TRIPS trouxe mudanças significativas para a propriedade intelectual com implicações profundas para o setor farmacêutico.