Mensagem do Diretor Executivo do UNAIDS para o Dia Mundial de Cobertura Universal de Saúde

A saúde é uma preocupação de todos. O mundo tem feito esforços pelo acesso a serviços de saúde de qualidade desde a Declaração de Alma-Ata, que pedia saúde para todos há mais de 40 anos.

Percorremos um longo caminho desde então—melhorias no acesso e na qualidade dos serviços de saúde aumentaram a expectativa de vida global de 62 para 72 anos. No entanto, o progresso está longe de ser igual para todos. Hoje, mais da metade da população mundial não tem acesso total aos serviços de saúde essenciais, porque são inacessíveis ou inadequados para certos grupos ou simplesmente indisponíveis.

Há uma desigualdade crescente em todo o mundo, com o grupo dos 1% mais ricos da população possuindo metade da riqueza global. A expectativa de vida nos países mais pobres é consideravelmente menor do que nos mais ricos, e viver em áreas afetadas pela pobreza pode significar uma vida mais curta. A disparidade pode ser observada entre países e entre diferentes comunidades dos países, com os mais vulneráveis, marginalizados e estigmatizados sendo deixados para trás.

Progredir rumo à cobertura universal de saúde significa progredir rumo à equidade, inclusão e justiça social. Significa uma abordagem centrada nas pessoas, baseada nos direitos humanos e na prestação de serviços liderada pela comunidade, bem como um reconhecimento da necessidade de abordar os determinantes sociais da saúde, incluindo reformas de leis e políticas e eliminação do estigma e discriminação e desigualdade de gênero.

A resposta global ao HIV mostrou as medidas críticas—liderança política decisiva e compromisso, envolvimento da comunidade e uma resposta informada por evidências científicas—que podem mudar o rumo de uma epidemia global.

Alcançar metas de prevenção e tratamento do HIV no prazo determinado contribuirá para alcançar as metas de cobertura universal de saúde e acelerar significativamente o progresso para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Em reconhecimento ao tema do Dia Mundial de Cobertura Universal de Saúde deste ano, “Unidos pela cobertura universal de saúde: agora é a hora da ação coletiva”, peço que todos adotem e contribuam para o movimento de cobertura universal de saúde. Unidos, podemos torná-la uma realidade para todos.

Michel Sidibé

Diretor Executivo do UNAIDS

Secretário-Geral Adjunto das Nações Unidas

Leia também: