“Ninguém em meu grupo de amigos ou poucos da minha geração conhecem alguém que morreu por causa da AIDS. No passado, porque as gerações passadas viviam e testemunhavam tantas mortes relacionadas à AIDS, havia essa cultura de medo que já não está presente entre nós. No entanto, não substituímos [essa cultura do medo] por, Leia Mais

Youtubers, influenciadores e ativistas virtuais se reuniram em São Paulo nesta terça-feira (30/5) para participar de conversas inspiradoras sobre temas relevantes para a resposta à epidemia de HIV, como estigma e discriminação, juventude, universo gay e direitos. Moderados pela jornalista Glória Maria, os debates aconteceram na sala Cultura Inglesa (Duke of York Auditorium), no, Leia Mais

O UNAIDS realizou nesta semana (30/5) a primeira de uma série de conversas inspiradoras da campanha #EseFosseComVocê?, como parte de sua iniciativa Zero Discriminação. Feito em parceria com a Embaixada do Reino Unido e o Consulado Britânico de São Paulo, o encontro buscou promover debates informais sobre juventude, HIV e direitos.

O Dia Internacional contra a Homofobia, a Bifobia e a Transfobia (IDAHOT) deste ano tem como foco a família, incluindo o papel das famílias no bem-estar das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e intersexuais (LGBTI) e o respeito pelos direitos famílias LGBTI.

“A pessoa é muito mais que o HIV. Então toda vez que há preconceito, você dificulta o acesso ao tratamento e à testagem”, disse o psiquiatra Jairo Bouer durante o debate sobre discriminação e HIV que aconteceu o programa Encontro com Fátima Bernardes desta segunda-feira (6/3). Além de dedicar uma parte do programa ao, Leia Mais

O UNAIDS (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS) lança uma campanha publicitária pelo respeito e pelo fim da discriminação: #EseFosseComVocê. Os quatro filmes, que são apoiados pela Globo e serão exibidos nos intervalos da programação a partir de 7 de março, contam com a participação dos Embaixadores de Boa Vontade do UNAIDS Mateus, Leia Mais

A iniciativa #ZeroDiscriminação só acontece de fato com o engajamento das pessoas. Por isso, colocar-se no lugar das pessoas que sofrem ou já sofreram discriminação é um primeiro passo imoportante: e se fosse com você?

A iniciativa Zero Discriminação celebra o direito de todos a uma vida plena, digna e produtiva – não importando sua origem, orientação sexual, identidade de gênero, sorologia para o HIV, raça, etnia, religião, deficiência e tantos outros motivos de discriminação. Unindo vozes, comunidades, indivíduos e sociedades, podemos transformar o mundo, todos os dias e, Leia Mais