Jovens latinos vivendo com HIV se reúnem em Salvador

Mais de 80 pessoas de 15 países estarão reunidas em Salvador (BA) de 27 a 29 de novembro para o III Encontro de Jovens Vivendo com HIV/AIDS da América Latina e do Caribe Hispânico. O encontro busca estreitar os laços entre os jovens da região e criar condições para que sejam estabelecidas linhas comuns de ação para este grupo em seus respectivos países.

O tema deste ano, Protagonismo e resistência na redução de vulnerabilidades, tem como objetivo reunir e capacitar lideranças jovens da região para que seja construído um marco para mobilização, colaboração e ação. O desafio será o de estabelecer estratégias inovadoras de protagonismo político capazes de contribuir para o fortalecimento da resposta social da região no enfrentamento da AIDS entre as populações jovens.

“A participação dos jovens vivendo com HIV e dos jovens das populações mais afetadas é imprescindível para o alcance das metas globais e regionais de enfrentamento da epidemia”, explica Cleiton Euzébio de Lima, assessor para mobilização social e trabalho em rede do UNAIDS Brasil. “O fortalecimento da sociedade civil é um dos elementos-chave para acabarmos com a epidemia da AIDS até 2030”, conclui.

Um dos temas de destaque no encontro serão as estratégias de fortalecimento do trabalho em rede e do protagonismo juvenil no contexto das novas metas globais pós 2015 – a nova agenda mundial de compromissos com o desenvolvimento humano sustentável e com os direitos humanos, que substituirá, a partir de janeiro de 2016, o conjunto de metas traçadas pelos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

No dia 29, como uma das atividades do Encontro, será realizada uma reunião estratégica que unirá os jovens vivendo com HIV aos jovens representantes das populações mais afetadas pela epidemia. O objetivo é estabelecer mecanismos colaborativos de trabalho para a resposta ao HIV a fim de garantir a saúde, bem-estar e os direitos humanos de jovens que fazem parte destas populações.

“Nesse encontro, esperamos conseguir encontrar soluções comuns que possam servir de referência para todos os países, como respeito aos direitos humanos, gratuidade do tratamento, prevenção universal – com foco nos jovens –, entre outros”, conta Javier Angonoa, consultor do UNAIDS para a Iniciativa Laços Sociaids, em Salvador. “Mas para tudo, precisamos entender e adaptar às especificidades locais e até regionais. A aproximação entre o Brasil e a América hispânica deve ser cada vez maior, pois os elementos que nos unem sócio e culturalmente são mais fortes do que os que nos separam”, diz.

O III Encontro de Jovens Vivendo com HIV/AIDS da América Latina e do Caribe Hispânico, organizado pelo Grupo de Apoio à Prevenção à AIDS da Bahia (GAPA-Bahia) e pela Red de Jóvenes Positivos de Latinoamérica y el Caribe Hispânico, conta com o apoio do UNAIDS. O evento acontece no Hotel Vila Velha, em Salvador.

O QUE: III Encontro de Jovens Vivendo com HIV/AIDS da América Latina e do Caribe Hispânico
QUANDO: 26 a 29 de novembro de 2014
ONDE: Hotel Vila Velha – Salvador (Bahia)
PROGRAMAÇÃO:  em português e  em espanhol

CONTATO
UNAIDS Brasil: Daniel de Castro, tel. (61) 3038 9221 decastrod@unaids.org
UNAIDS Brasil: Fabiana Mesquita, tel. (61) 9872-4955, mesquitaf@unaids.org
UNAIDS Brasil: Jessyca Zaniboni, tel. (61) 3038-9228, zanibonij@unaids.org