Indetectável = Intransmissível

Indetectável = Intransmissível é a mensagem da nova Nota Explicativa do UNAIDS (UNAIDS Explainer).

Ao longo dos últimos 20 anos,  a ciência tem demonstrado que o tratamento antirretroviral é altamente eficaz na redução da transmissão do HIV. Agora, a evidência é clara: de que quando uma pessoa vivendo com HIV alcança a carga viral indetectável, o vírus deixa de ser transmitido em relações sexuais.

Três grandes estudos sobre a transmissão sexual do HIV entre milhares de casais, dos quais um parceiro vive com o HIV e o outro não, foram realizados entre 2007 e 2016. Nesses estudos, não houve um único caso de transmissão sexual do HIV. A Nota Explicativa adverte, no entanto, que uma pessoa só pode saber se tem sua carga viral  suprimida ou indetectável fazendo um teste de carga viral.

Para muitas pessoas vivendo com o HIV, a notícia de que o vírus não pode ser transmitido sexualmente é uma mudança de vida. Além de poderem optar por terem relações sexuais sem preservativo, muitas pessoas vivendo com o HIV e cuja carga viral está suprimida ou indetectável sentem-se libertas de estigmas associados ao fato de viverem com o vírus. A consciência de que o HIV não mais pode ser transmitido sexualmente pode dar às estas pessoas com carga viral indetectável um forte senso de que elas são agentes de prevenção em sua abordagem perante relacionamentos novos ou já existentes.

A nova série de Notas Explicativas do UNAIDS visa informar os leitores sobre questões chave ou emergentes na resposta à AIDS. Com recomendações para gestores de programas e conselhos para respostas nacionais, são documentos breves, mas com um retrato informativo do conhecimento atual sobre uma área da resposta à AIDS.

Clique aqui para ter acesso ao documento em português