#EuAbraço contagia visitantes da 12ª Feira Internacional das Embaixadas, em Brasília

A iniciativa #EuAbraço, lançada pelo UNAIDS e o Ministério da Saúde durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, ganhou os corredores da 12ª Edição da Feira Internacional das Embaixadas, que reuniu cerca de 50 mil pessoas no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, dia 12/11, em Brasília. A feira é uma iniciativa do Grupo de Cônjuges e Chefes de Missão (GCCM) e reuniu 33 países da Europa, 11 do Oriente Médio, 19 da Ásia, 19 das Américas e 15 da África em 104 estandes de vendas e gastronomia internacional.

As ações da #EuAbraço aconteceram no estande da Delegação da União Europeia, uma das apoiadoras da iniciativa ao lado do Fundo de Populações das Nações Unidas (UNFPA) e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

“Nós aproveitamos esse espírito de união entre os povos e culturas, muito parecido com o que tivemos durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, para levar mensagens de respeito aos direitos humanos, de zero discriminação e de prevenção ao HIV”, conta Georgiana Braga-Orillard, Diretora do UNAIDS no Brasil. “Ao fazer literalmente um tour pelo mundo, quem passou pelo estande dos nossos parceiros da União Europeia, também teve a oportunidade de compartilhar abraços e contribuir para que essas mensagens sejam espalhadas por suas redes sociais e pessoais.”

Ao final de cada conversa sobre prevenção ao HIV e zero discriminação, os visitantes eram convidados a abraçar outras pessoas, conhecidas ou não. Quem aceitou o desafio ganhou materiais da campanha, entre os quais a fita métrica do Abraçômetro: uma fita de lona que, de um lado, pode ser usada para medir o tamanho do abraço – a soma das alturas das pessoas envolvidas nesse gesto – e, do outro lado, traz informações sobre os temas da campanha: HIV, AIDS, prevenção, direitos humanos e zero discriminação.

Cada abraço fotografado no estande da União Europeia durante a Feira das Embaixadas foi contabilizado na plataforma abraçometro.org.br, somando mais de 150 metros. O portal é a parte virtual da iniciativa que convida as pessoas a publicar fotos de seus abraços e a fazer parte do esforço virtual coletivo para alcançar metas de abraços simbólicos. A meta atual é a de abraçar o Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro, como símbolo do agradecimento de brasileiros e brasileiras pelo sucesso dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Toda a renda obtida durante o evento foi destinada à 14 instituições beneficentes, 11 delas em Brasília. Entre essas instituições está a ONG Vida Positiva, projeto que funciona com o intuito de ajudar as pessoas que vivem com HIV/AIDS a superar o preconceito e a discriminação. A ONG recebeu material escolar e roupa segundo informações dos organizadores.

Leia também: