Mateus Solano é nomeado Embaixador de Boa Vontade do UNAIDS no Brasil

Mateus Solano, o ator que fez enorme sucesso com o personagem Félix da novela Amor à Vida, será nomeado Embaixador de Boa Vontade do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/ AIDS (UNAIDS) nesta sexta-feira, 22 de agosto, às 11h, na Casa das Nações Unidas.Mateus_SolanoA solenidade contará com a presença do Diretor Executivo Adjunto do UNAIDS e Secretário-Geral Adjunto da ONU, Luiz Loures, o Coordenador Residente da ONU, Jorge Chediek, e a Embaixadora dos Estados Unidos junto ao Brasil, Liliana Ayalde, além de outras autoridades e representantes da sociedade civil.

Mateus Solano protagonizou, ao lado do ator Thiago Fragoso, o beijo mais esperado da história da tevê brasileira, o primeiro beijo entre gays de uma telenovela. Mateus prevê usar de seu prestígio para apoiar o UNAIDS e promover direitos humanos, mobilizando o seu público por meio de mensagens que reiteram a importância do fim de todo e qualquer tipo de discriminação.

“Mateus Solano conseguiu, com a excelência de seu personagem, dar atenção à temática da discriminação que sofrem os homossexuais”, afirmou Luiz Loures. “Tenho certeza que será um excelente Embaixador.” Na novela, o personagem mantinha uma relação difícil com seu pai, que não aceitava e discriminava o filho.

“É uma honra ser Embaixador de Boa Vontade do UNAIDS”, disse Mateus Solano. “Agora, mais do que nunca, é necessário conscientizar o público, principalmente os jovens, sobre as melhores formas de prevenir o HIV e tratar a AIDS—e sobretudo de acabar com qualquer espécie de discriminação”, afirmou.

BRASILIENSE—Mateus Solano nasceu em Brasília em 1981, mas cresceu no Rio de Janeiro, onde vive atualmente. Já atuou em mais de 30 peças em teatros paulistas e cariocas, além de fazer participações em vários seriados da TV brasileira. Seus primeiros papéis de destaque ocorreram em 2009, na minissérie Maysa – Quando Fala o Coração, em que interpretou o compositor Ronaldo Bôscoli; no mesmo ano, na novela Viver a Vida; e, em 2012, na minissérie Gabriela, com o personagem Mundinho Falcão. A consagração veio em Amor à Vida, como Félix—personagem muito comentado e que conquistou a simpatia do público.

AIDS—O Relatório Gap do UNAIDS, lançado em julho de 2014, estima que existam aproximadamente 19 milhões de pessoas no mundo que vivem com o HIV e não o sabem. Do total estimado de 35.5 milhões de pessoas vivendo com HIV no mundo, aproximadamente 5.4 milhões são jovens entre 10 e 24 anos.

Na América Latina, as novas infecções por HIV estão aumentando, principalmente devido ao aumento de novas infecções entre gays e homens que fazem sexo com homens. Um número significativo de novas infecções por HIV na Ásia, na África, na América do Norte, na Europa ocidental e oriental estão ocorrendo entre esses homens. No entanto, em todo o mundo, apenas 1 em cada 10 gays e outros homens que fazem sexo com homens recebe um mínimo de serviços de prevenção ao HIV, principalmente devido ao estigma e à discriminação.

Data: Sexta-feira, 22 de agosto
Hora: 10h00 distribuição de credenciais à imprensa
(o início do evento está previsto para às 11h00)
Local: Casa das Nações Unidas, SEN quadra 802, conj C, lote 17

Leia também: