Parceiros se unem por uma gestão sensível a gênero

Parceiros de todo o sistema das Nações Unidas se reuniram no último 30 de maio, na sede do UNAIDS em Genebra, na Suíça, para discutir como as mudanças comportamentais, institucionais e culturais podem acelerar o progresso em rumo à igualdade de gênero.

Em seu discurso de abertura, Jan Beagle, Diretora Executiva Adjunta do UNAIDS, enfatizou que, se o gerenciamento de mudanças for realizado de forma sensível ao gênero, as barreiras à igualdade de gênero no local de trabalho podem ser abordadas e superadas. Ela compartilhou o progresso alcançado pelo UNAIDS em relação à igualdade de gênero, incluindo a quase paridade de gênero entre o pessoal empregado: 40% dos diretores dos escritório de país do UNAIDS são mulheres e há 100% de conformidade com os indicadores de desempenho do Plano de Ação do Sistema das Nações Unidas sobre Igualdade de Gênero e o Empoderamento de Mulheres (United Nations System-Wide Action Plan on Gender Equality and the Empowerment of Women). Ela também destacou a necessidade de mudar as culturas organizacionais para capacitar os funcionários em todos os lugares. O UNAIDS está retirando a questão de gênero do isolamento e dando visibilidade à igualdade e à inclusão dentro de todo o Secretariado.

Julian Braithwaite, Embaixador e Representante Permanente do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte para o Escritório das Nações Unidas e outras organizações internacionais em Genebra, que pronunciou o outro discurso de abertura, reafirmou o compromisso do Reino Unido em capacitar mulheres e meninas, ao enfatizar a importância de criar culturas organizacionais que defendam a igualdade de gênero. Ele refletiu sobre o potencial de Genebra como um centro internacional de direitos humanos, comércio e trabalho humanitário que reúne o poder coletivo das Nações Unidas e de seus Estados Membros.

Os participantes representaram a ampla gama de entidades das Nações Unidas em Genebra, incluindo consultores sêniores em recursos humanos, gerenciamento de mudanças e gênero. O encontro foi organizado pela rede de lideranças em igualdade de gênero International Gender Champions Geneva, pelo UNAIDS e pela Missão Permanente do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte junto ao Escritório das Nações Unidas e outras organizações internacionais em Genebra.

A oficina é a primeira de uma série de iniciativas a serem empreendidas pelo UNAIDS e pela Missão Permanente do Reino Unido, que compartilham a presidência do grupo de gerenciamento de impacto e mudança do International Gender Champions. Por meio do grupo de impacto, os Co-Presidentes procuram identificar e superar as barreiras institucionais que impedem o progresso e a influência de mulheres nas organizações internacionais com sede em Genebra.

CITAÇÕES

“Se nós pudermos melhor aproveitar o nosso poder coletivo para alcançar a mudança que coloca a igualdade de gênero e empoderamento feminino no centro, nós seremos uma força poderosa.”

Julian Braithwaite, Missão Permanente do Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte no Escritório das Nações Unidas e outras Organizações Internacionais em Genebra

“Transformar nossas organizações de forma que a igualdade de gênero se incorpore através de estruturas, processos e níveis é nossa responsabilidade coletiva. Necessitamos do seu compromisso e da sua liderança e nós também necessitamos que você traga outros a bordo.”

Jan Beagle, Diretora Executiva Adjunta do UNAIDS

“É tempo mudar o nosso DNA institucional e criar ambientes para a igualdade de gênero genuína.”

Caitlin Kraft-Buchman, Cofundadora do International Gender Champions e Diretora Executiva de WOMEN@THETABLE