Para os especialistas, a informação é a melhor forma de combate ao HIV. Em razão disso, a Revista e o Portal IMPRENSA, em parceria com a campanha #partiuteste e o UNAIDS, promovem a 3ª edição do Fórum AIDS e o Brasil, que será transmitido ao vivo no dia 9 de novembro, a partir das, Leia Mais

Na primeira reunião do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) desde a adoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), os ministros da saúde do bloco BRICS adotaram a Declaração de Moscou, que define novos compromissos ousados na cooperação para a saúde global.

A disponibilidade ampliada de medicamentos antirretrovirais e seu efeito benéfico em suprimir a carga viral das pessoas vivendo com HIV está contribuindo para a redução de novas infecções pelo HIV.

A ONU no Brasil disse estar acompanhando “com preocupação” a tramitação, no Congresso Nacional, da Proposição Legislativa que institui o Estatuto da Família (PL 6583/2013), especialmente quanto ao conceito de família e “seus impactos para o exercício dos direitos humanos”.

A 37° reunião da Junta de Coordenação, conhecida em inglês como Programme Coordinating Board (PCB), do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) acontece em Genebra, Suíça, de 26 a 28 de outubro.

  Nos dias 23 e 24 de outubro, mais de 270 monumentos, edifícios, museus, pontes e outros marcos emblemáticos em mais de 65 países por todo o mundo serão iluminados de azul

Em sua trigésima sessão, realizada em Genebra, na Suíça, o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas deu um passo significativo no sentido de reafirmar que os direitos humanos são fundamentais para a resposta à AIDS. O Conselho aprovou uma resolução solicitando um painel de discussão a ser realizado em março de 2016 sobre, Leia Mais

UNAIDS saudou o relatório aprovado pela Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa em 29 de setembro, que recomenda uma maior regulamentação do setor farmacêutico para defender o interesse público e evitar conflitos de interesses. O relatório “Saúde pública e os interesses da indústria farmacêutica: como garantir a prioridade aos interesses de saúde pública?” destaca, Leia Mais

UNAIDS saúda o lançamento pela Organização Mundial de Saúde (OMS) de novas diretrizes sobre o uso de medicamentos antirretrovirais como um passo significativo para melhorar a vida das pessoas que vivem com HIV e reduzir a transmissão do vírus. 

Em uma iniciativa conjunta sem precedentes, 12 agências da ONU emitiram, nesta terça-feria (29), um apelo conjunto para acabar com a violência e discriminação contra adultos, adolescentes e crianças lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e intersexuais (LGBTI).