YAA levará jovens brasileiros para a Conferência de AIDS em Amsterdã; inscrições vão até 20 de maio

“Somos a geração que pode acabar com a AIDS. Mas, para atingir esse objetivo, precisamos de uma nova geração de lideranças.” A fala é de Daniel Nagel, 26 anos, Presidente e CEO da Youth against AIDS (Juventude contra a AIDS), uma organização sem fins lucrativos que nasceu há 8 anos na Alemanha. “Somos uma organização criada por jovens com o objetivo de dialogar com outros jovens na resposta ao HIV.”

Ao lado de países como Índia, África do Sul e China, o Brasil foi escolhido como um dos pontos de parada nesta volta ao mundo que os jovens da organização estão fazendo com objetivo de expandir sua rede de voluntários e de “internacionalizar” as campanhas de resposta à AIDS e de educação sexual nas escolas. Esta missão contou com o apoio local do UNAIDS na mobilização de organizações que trabalham com jovens e de jovens ativistas atuantes na área de HIV.

O pontapé inicial para esta expansão da YAA já tem data marcada: acontecerá em julho, em Amsterdã (Holanda). Para isso, a YAA irá levar 300 jovens lideranças de todo o mundo, entre 18 e 26 anos, que sejam atuantes nesta área, para participar da 22ª Conferência Internacional sobre AIDS.

Clique na imagem e confira todos os cards da campanha

Clique na imagem e confira todos os cards da campanha

Com o slogan “Faça o que quiser. Faça com amor, respeito e camisinha” a Youth against AIDS (Juventude contra a AIDS) tem um trabalho voltado para construção de campanhas e projetos de educação sexual em escolas e veio ao Brasil para firmar parcerias e divulgar o programa de bolsa. Para se inscrever basta ser ativista na área de HIV ou ter projetos de se tornar um aliado à causa. Os projetos são serão classificados nas categorias: love (amor), para promoção da diversidade sexual e tolerância; respect (respeito), para pessoas vivendo com HIV ou ativistas já atuantes nesta área; condoms (camisinha), para promoção de saúde sexual e prevenção de IST (infecções sexualmente transmissíveis).

“Foi inspirador encontrar a equipe da Youth against AIDS aqui e ver sua motivação para envolver os jovens na prevenção através do olhar e da perspectiva da juventude”, diz Georgiana Braga-Orillard, Diretora do UNAIDS no Brasil. “Em todo o mundo, os jovens enfrentam desafios semelhantes na resposta ao HIV. Existem ainda grandes lacunas em termos de acesso à informação e a estratégias de prevenção que sejam especificamente adaptadas à idade e à realidade atual dos jovens. Tenho certeza de que juntos podemos superar esses obstáculos e promover um engajamento significativo dos jovens no Brasil.”

A campanha de mobilização para as bolsas foi lançada em São Paulo com uma transmissão, ao vivo, via Facebook em cooperação com o UNAIDS Brasil e o apoio de influenciadores digitais como Canal das Bee (Herbet Castro), DRelacionamentosSensualise Moi.

 

 

 

 

 

“Fazer parte desta iniciativa em Amsterdã nos ajudará a entender melhor o que outras organizações da juventude e outros jovens estão fazendo em termos de prevenção do HIV e educação sexual. Tenho certeza de que todos os participantes aprenderão muito e poderão aplicar isso em seus projetos locais aqui no Brasil ”, disse a youtuber Tuy Potasso, que conta com quase 600.000 seguidores em seu canal no Youtube Sensualise Moi, ao lado do namorado Biel Vaz. “Já nos inscrevemos e esperamos estar em Amsterdã com todos.”

Como parceira oficial da Conferência Internacional sobre AIDS, as atividades da YAA contarão com uma sede exclusiva para a juventude, o Youth Headquarters, onde irá fomentar uma grande mistura de idéias criativas, compromisso e dedicação desses voluntários para trabalhar pelo fim da AIDS.

“Estamos muito entusiasmados em receber jovens brasileiros em nossa Sede da Juventude para dar início ao nosso movimento global”, afirma Nagel

Encontros em Brasília e São Paulo

Na  passagem pelo Brasil, logo na primeira semana de maio, a YAA teve encontros com a equipe do UNAIDS no Brasil e também com um grupo de jovens ativistas recém-formados no Curso de Orçamento Público em Saúde, Advocacy e Negociação para Jovens Lideranças no Distrito Federal, realizado pelo UNAIDS na Casa da ONU. Ainda na capital federal, eles tiveram encontros com representantes do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais do Ministério da Saúde e da UNESCO.

Em São Paulo, a delegação da YAA visitou jovens da Fundação Poder Jovem e a Koinonia Presença Ecumênica, e promoveu um encontro com cerca e 30 jovens ativistas de São Paulo, no auditório do Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS-SP.

As inscrições para bolsas para participar da 22ª Conferência de AIDS, em Asmterdã, podem ser feitas até 20 de maio, na página da organizção na internet: youth-against-aids.org/endaids.

Clique aqui para ver o Press Release divulgado pela Youth against AIDS, em português.