Etíope Tedros Adhanom Ghebreyesus é nomeado novo Diretor-Geral da OMS

O UNAIDS dá boas-vindas à nomeação de Tedros Adhanom Ghebreyesus como Diretor-Geral da Organização Mundial de Saúde (OMS). O anúncio foi feito durante uma cerimônia de nomeação que ocorreu depois que os Estados-Membros da OMS apresentaram seus votos finais em uma sessão fechada durante a 70ª Assembleia Mundial da Saúde.

“Tedros Adhanom Ghebreyesus é uma força motriz para a mudança, com vasta experiência e conhecimento em saúde global”, disse Michel Sidibé, Diretor Executivo do UNAIDS. “Ele é um líder dinâmico, um excelente convocador e compartilha nossa ambição de acabar com a AIDS como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Quero muito para trabalhar em estreita colaboração com ele para alcançarmos nossos objetivos.”

Em uma entrevista ao UNAIDS, Tedros disse que as lições aprendidas na resposta à AIDS têm sido cruciais para moldar o futuro da saúde global. Ele disse que a criatividade, o empenho e a multissetorialidade da resposta à AIDS serão necessários para colocar a cobertura universal de saúde no centro da implementação de todos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

O Sr. Tedros é atualmente Conselheiro Especial do Primeiro Ministro da Etiópia. Ele tem 30 anos de experiência de liderança em saúde, política e diplomacia, durante a qual foi Ministro das Relações Exteriores e Ministro de Saúde da Etiópia. Ele assumirá sua nova posição no dia 1º de julho de 2017, substituindo Margaret Chan, que serviu como Diretora-Geral da OMS por 10 anos.

A OMS é uma das 11 Copatrocinadoras do UNAIDS que trabalham na promoção da resposta ao HIV. O UNAIDS trabalhará em estreita colaboração com o novo Diretor-Geral da OMS para avançar no progresso da saúde global e acabar com a epidemia de AIDS como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Notícias Relacionadas