Supressão viral é ferramenta importante na prevenção do HIV

A forte adesão à terapia antirretroviral além de trazer inúmeros benefícios para a saúde das pessoas vivendo com HIV,  suprime a carga viral a níveis indetectáveis, reduzindo muito o risco de transmissão do vírus para outras pessoas. Quando grandes proporções de pessoas vivendo com HIV dentro de uma comunidade estão em tratamento, tem-se demonstrado um efeito preventivo dentro dessa comunidade.

O cumprimento da meta de tratamento 90-90-90 do UNAIDS, até 2020, juntamente com a elevada cobertura das intervenções primárias de prevenção ao HIV podem tornar real o fim da epidemia de AIDS até 2030.

As metas de tratamento 90-90-90 significam que, até 2020, 90% das pessoas vivendo com HIV conheçam seu estado sorológico positivo para o HIV, 90% dessas pessoas diagnosticadas estejam em tratamento, e 90% dessas pessoas tratamento antirretroviral, tenham cargas virais indetectáveis.

No entanto, em 2015, globalmente, cerca de 11,9 milhões de pessoas vivendo com HIV desconheciam que são soropositivas, 12,7 milhões de pessoas necessitavam de tratamento antirretroviral e 13 milhões de pessoas vivendo com HIV não tinham a carga viral indetectável.

Leia também: