Com o apoio do UNAIDS e de jovens lideranças mundiais, jovens HIV positivos iniciaram uma parceria inovadora e sem precedentes para fortalecer a colaboração Sul-Sul entre as redes de jovens vivendo com o HIV da América Latina e o Caribe e da África.

No encerramento da Cúpula do BRICS de 2016 em Goa, na Índia, os líderes do grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul ressaltaram a necessidade inadiável de melhorar a cooperação e a ação para responder às epidemias de HIV e tuberculose.