Fortalecer e ampliar as abordagens de base comunitária para ofertar tratamento para o HIV é vital para o sucesso a longo prazo da resposta à AIDS. É o que diz o relatório lançado em 20 de abril pela ONG Médicos sem Fronteiras (MSF) e pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS).