#EuAbraço

Abraços são movimentos coletivos de afeto que encorajam atitudes de empatia, união, amizade, respeito aos direitos humanos e diversidade, celebração e hospitalidade. Em tempos de intolerância ao redor do mundo, cada abraço é capaz de fazer a diferença.

Foi pensando na força simbólica desse gesto, e na capacidade que os abraços têm de promover a tolerância, a paz, o respeito e o espírito de união entre povos, que surgiu a campanha #EuAbraço, liderada pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e o Departamento de IST, AIDS e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, em parceria com UNESCO, UNFPA, União Europeia e mobilização social de AHF Brasil e Grupo Pela Vidda-RJ.

patrocinadoresCom suas mascotes trans Hash & Tag, a campanha buscou, de forma leve e descontraída, provocar nas pessoas abraços presenciais – espontâneos e coletivos – ao mesmo tempo em que mobilizava, pelas redes sociais, internautas a participar do movimento mesmo à distância dos locais onde as ações aconteciam.

A campanha foi lançada no início dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Inspirada no princípio 6 da Carta Olímpica – de zero discriminação e igualdade de oportunidades a todos – a ação distribuiu milhares de abraços juntamente com cerca de 500 mil preservativos, além de mensagens sobre a importância da prevenção ao HIV e do respeito aos direitos humanos

Colagem abraços espontâneos + distribuição de preservativosAs ações presenciais aconteceram no Boulevard Olímpico do Porto Maravilha (Praça Mauá e Praça XV) e no calçadão de Copacabana, e também no Boulevard Olímpico de Madureira (Parque de Madureira). Dezenas de drag queens e voluntários mobilizaram o público com os chamados abraçaços – ou abraços coletivos – simbolizando o espírito olímpico, o respeito e a sensibilização pela prevenção ao HIV.

Além das ações presenciais, a campanha contou também com abraços virtuais, compartilhados pela plataforma online Abraçômetro (www.abracometro.org), na qual pessoas de todo o mundo puderam acompanhar as atividades da campanha e contribuir com seus próprios abraços, transformados em quilômetros de abraços. O objetivo era medir cada abraços com a soma das alturas das pessoas envolvidas na foto – considerando que nossa envergadura (da ponta de um dedo médio a outro, com os braços abertos) é semelhante à nossa altura. Ao longo dos quatro meses de campanha, encerrados em 10 de dezembro – Dia Mundial de Direitos Humanos – o Abraçômetro registrou 5 km de abraços.

Colagem drags no Boulevard Olímpico e em Madureira 2

Essas quilometragens serviram também para que locais relevantes para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos pudessem ser simbolicamente abraçados – considerando seu perímetro: Praça Mauá, Praça XV, Engenhão, Maracanã, Sambódromo e, por fim, em agradecimento ao Rio pelo sucesso dos Jogos e pela hospitalidade a povos de todos os cantos do planeta, um abraço simbólico no Pão de Açúcar (4,98 km).

Metas Abraçometro

O UNAIDS agradece a todas as pessoas que se mobilizaram de uma forma ou outra para o sucesso dessa campanha e convida todo mundo a seguir dando muitos abraços como forma de amor, aceitação, respeito e afeto. Afinal, trabalhamos para construir um mundo com Zero Discriminação e livre da epidemia de AIDS.

Veja aqui as principais reportagens sobre a campanha:

mosaico-eu-abraço-03-1

finalpublicacao19-1024x683

JZ_Rio_Eu_Abraco 207

onlinepublishing_07

capaeuabraco2

IMG_1280

Veja também como nossos Embaixadores de Boa Vontade nos apoiaram:

“Dice la tradición que cada vez que abrazamos de verdad a alguien, ganamos un día de vida” Paulo Coelho…. Y hay gente con la que que provoca ganar miles de días de vida. Todos en algún momento sentimos la necesidad de dar y recibir un abrazo y ya se ha demostrado que tienen innumerables beneficios. Afectan positivamente a las habilidades lingüísticas y el coeficiente intelectual de los niños,ayudan a mejorar la actitud mental de la persona que está siendo abrazada, así como a la que abraza, favorece a la creación de glóbulos blancos y aumenta el nivel de oxitoxina y serotonina. Así que ya hay excusa saludable para dar o pedir hoy un abrazo ¿A quién quisieras abrazar hoy? Etiqueta a esa persona con la que quisieras compartir un “abrazaso” #Ati #SiaTI #Quierotuabrazo #Abraçaco #Abrazaso @OnusidaLatina @unaidsglobal @unaidsbrasil

A post shared by Alejandra Oraa 🇻🇪 (@alejandraoraa) on

Veja como alguns veículos de imprensa repercutiram a campanha:

DXDloures_globo

Revezamento-da-Tocha-Olimpica-para-os-Jogos-Rio-2016

UNAIDS LOURES-16

19471368_303