comoaoioa2r

Atue em sua comunidade


O UNAIDS lista abaixo uma variedade de atividades e ações que podem ser lideradas por você em sua comunidade!

Neste momento, o seu engajamento, de sua comunidade e da sociedade civil é crucial para o fim da resposta à epidemia de AIDS até 2030. Este objetivo está muito próximo de ser alcançado, por isso, o esforço conjunto é necessário para reverter de vez a epidemia de AIDS.

Desde o início da resposta global à epidemia, a resiliência das comunidades e o fortalecimento das organizações da sociedade civil têm fomentado a inovação, o aumento da utilização dos serviços de saúde e garantido a adesão ao tratamento para o HIV.

Veja abaixo o que você e sua comunidade podem fazer para enfrentar o estigma e preconceito relacionados ao HIV e apoiar a resposta à AIDS:

Na sua escola

2c9e935d5c9e11085a9c4fca9431291a

  • Organize uma feira de promoção à saúde, prevenção do HIV e promoção dos direitos humanos
  • Organize um concurso de redações com o tema #zerodiscriminação, com o objetivo de enfrentar o estigma e a discriminação relacionados ao HIV
  • Promova  uma semana da diversidade com apresentações sobre igualdade de gênero, raça, orientação sexual
  • Promova uma gincana com arrecadação de alimentos, roupas e brinquedos para famílias de baixa renda/instituições que cuidam de pessoas que vivem com HIV
  • Promova atos simbólicos/comemorativos em sua escola pelo fim da discriminação no Dia Mundial de Zero Discriminação (1º de março); Dia Internacional contra o Racismo (21 de março); Dia Internacional do Orgulho LGBT (28 de junho); Dia Mundial de Luta contra a Aids (1º de Dezembro); etc.
  • Organize palestras e discussões sobre saúde sexual e reprodutiva entre seus alunos
  • Desenvolva atividades em sala de aula que levem mais informações sobre o vírus ao seus alunos, assim como que promovam a prevenção ao HIV.

No seu bairro

  • Organize um festival de cinema comunitário que aborde o tema da discriminação, relacionada ao HIV e à orientação sexual
  • Organize uma caminhada em solidariedade às pessoas vivendo com HIV
  • Promova uma campanha: “Meu bairro é #ZeroDiscriminação”
  • Organize uma semana de educação em saúde sobre prevenção, testagem e tratamento do HIV, em parceria com as associações de moradores, clubes, etc
  • Promova atos simbólicos em seu bairro pelo fim da discriminação no Dia Mundial de Zero Discriminação (1º de março); Dia Internacional contra o Racismo (21 de março); Dia Internacional do Orgulho LGBT (28 de junho); Dia Mundial de Luta contra a Aids (1º de Dezembro); etc.
  • Promova uma gincana com arrecadação de alimentos, roupas e brinquedos para famílias de baixa renda/instituições que cuidam de pessoas que vivem com HIV.

No seu trabalho

307946_262312560537951_1990215197_n

  • Promova uma semana de conscientização sobre prevenção testagem e tratamento para o HIV
  • Organize sessões de filmes/debate sobre discriminação
  • Cole cartazes e lembretes como “Esta é uma empresa livre de discriminação”
  • Organize uma atividade de conscientização sobre o HIV em parceria com uma organização de pessoas vivendo com HIV.
  • Inclua nos editais/anúncios de trabalho de sua empresa o estímulo a candidaturas de pessoas LGBT, vivendo com HIV, etc.
  • Organize um dia do arco-íris em solidariedade e respeito à população LGBT
  • Promova atos simbólicos em seu trabalho pelo fim da discriminação no Dia Mundial de Zero Discriminação (1º de março); Dia Internacional contra o Racismo (21 de março); Dia Internacional do Orgulho LGBT (28 de junho); Dia Mundial de Luta contra a Aids (1º de Dezembro); etc.

Na sua universidade

jovens_quilombolas

  • Organize uma semana acadêmica com apresentações de pesquisas e debates sobre discriminação relacionada ao HIV, avanços da resposta à epidemia de AIDS, o progresso dos direitos humanos e o fim da epidemia de AIDS, entre outros.
  • Organize uma campanha Universidade #ZeroDiscriminação
  • Organize trotes solidários #ZeroDiscriminação
  • Organize uma festa ou festival de música #ZeroDiscriminação
  • Promova ações de advocacy junto à gestão para a garantia da utilização do nome social para pessoas trans no regimento da universidade (caso ainda não seja garantido).
  • Organize festival de filmes com debates sobre o tema discriminação
  • Organize uma feira de promoção à saúde, prevenção do HIV e promoção dos direitos humanos
  • Monte uma liga acadêmica LGBT
  • Promova atos simbólicos em sua universidade pelo fim da discriminação no Dia Mundial de Zero Discriminação (1º de março); Dia Internacional contra o Racismo (21 de março); Dia Internacional do Orgulho LGBT (28 de junho); Dia Mundial de Luta contra a Aids (1º de Dezembro); etc.