Wanessa Camargo apoia lançamento da ‘Mobilização Virtual contra a AIDS’, do hospital Emílio Ribas

A 2ª edição da Campanha de Mobilização Virtual do hospital Emílio Ribas foi lançada nesta quarta-feira (24/11), na sede do hospital em São Paulo, com a presença da Embaixadora de Boa Vontade do UNAIDS, Wanessa Camargo, autoridades locais e outras celebridades. A campanha é fruto de uma parceria entre o Instituto Emílio Ribas, o UNAIDS no Brasil, o Fundo PositHIVo e o Catraca Livre. O objetivo é conscientizar a população em geral, e em especial o jovens, sobre a prevenção ao HIV.

Ao lado de outras celebridades, autoridades locais e da Diretora do UNAIDS, Georgiana Braga-Orillard, a participação de Wanessa no lançamento da campanha também marcou a celebração um ano de atuação da cantora como Embaixadora de Boa Vontade do UNAIDS. No ano passado, o apoio ao lançamento da 1ª edição da campanha do Emílio Ribas foi uma de suas primeiras missões.

15304505_1147118188707158_8213944837514257134_o

Luiz Carlos Pereira Junior, Diretor do hospital Emílio Ribas, Jean Gorinchteyn, Infectologista do Emílio Ribas, Wanessa Camargo, Embaixadora de Boa Vontade do UNAIDS no Brasil, Georgiana Braga-Orillard, Diretora do UNAIDS no Brasil, e Maria Clara Gianna, Coordenadora do Programa Estadual de DST/Aids de São Paulo. Foto: Hélvio Romero.

“Só vamos frear a epidemia se o preconceito e a discriminação contra as pessoas vivendo com HIV acabarem. As pessoas se afastam dos serviços de saúde por medo do preconceito. A maior barreira em relação ao HIV é a discriminação”, disse Wanessa. “Por isso, gostaria de convidar todo mundo aqui a fazer uma reflexão importante: e se fosse com você? Quando a gente se coloca no lugar do outro, nossa visão muda. Nossa atitude muda. E é essa transformação que nós precisamos ver na sociedade se quisermos acabar com a epidemia.“

“Na rede de jovens vivendo com HIV, descobri que podia viver com o vírus e que sou muito mais forte que ele”, disse Renata Ferreira, voluntária da Fundação Poder Jovem, que promove cultura, atividades de acolhimento e estímulo ao desenvolvimento psicológico, físico, afetivo e social de adolescentes vivendo e convivendo com HIV/AIDS por meio do auxílio de voluntários e educadores capacitados.

Renata participou do lançamento da campanha vestindo uma das peças exclusivas da artista e ativista Adriana Bertini, produzida com preservativos que são rejeitados nos processos de controle de qualidade. Este e outros vestidos exibidos durante o lançamento da Campanha fazem parte do projeto conhecido como Condom Couture, que confecciona roupas como forma de conscientização, por meio da arte, sobre o uso de preservativo e a prevenção ao HIV.

15259285_1147117338707243_4121212662038302381_o

Renata falou sobre sua vivência de crescer com o HIV no lançamento da campanha. Foto: Hélvio Romero

A Diretora do UNAIDS no Brasil, Georgiana Braga-Orillard falou sobre os dados mais recentes da epidemia, divulgados pelo UNAIDS como parte das celebrações do Dia Mundial contra a AIDS 2016. “Já temos mais de 18 milhões de pessoas em tratamento no mundo, essa era uma das metas que tínhamos que alcançar e chegamos lá”, destacou. “Hoje, as pessoas soropositivas vivem mais, então, estamos falando do indivíduo, do cuidar da pessoa com HIV desde bebê até a velhice.”

Também estavam presentes no evento os cantores Simony, MC Gui, Tiê, Filipi Catto e Patrícia Marx, além do ator Dalton Vigh, do humorista Daniel Zuckerman, as apresentadoras Mariana Scaranzi e Marina Person, entre outros famosos convidados que compareceram para apoiar a causa e trazer visibilidade às ações de prevenção ao HIV e de promoção dos princípios de zero discriminação.

Mobilização Virtual

A ação promovida pela campanha consiste em um aplicativo gratuito que fornece informações acerca do HIV e que permite que um laço vermelho seja adicionado à foto de perfil de cada usuário. O app insere automaticamente o laço vermelho na foto de perfil do Facebook. Caso o usuário queira fazer o mesmo para outras redes sociais, é necessário salvar a foto e inseri-la manualmente no Twitter ou Instagram.

15129613_1139744689444508_88312295623805521_o

Artistas e celebridades adotam o laço vermelho da Mobilização Virtual contra a AIDS nas fotos de perfil de suas redes sociais. Foto: Instituto Emílio Ribas/Facebook

Criado em 1991, o laço vermelho é o símbolo internacional de solidariedade e compromisso na resposta ao HIV. O aplicativo pode ser encontrado na página oficial do UNAIDS Brasil no Facebook, no link https://apps.facebook.com/diadelutacontraaids/ e pelas hashtags #BoraSeCuidar e #SeJogaNaPrevenção.

Veja mais fotos do lançamento abaixo: